Clan SOFT - SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

https://www.clansoft.net/

 

Paulo de Deus

Moderador
  • Total de itens

    1.192
  • Registro em

  • Última visita

Tudo que Paulo de Deus postou

  1. Boa tarde, vi que o amigo possui varias box's. Usa elas para fazer esse serviço. Tenta com a Z3X, faz root no aparelho e tenta dar unlock
  2. Diversas companhias, como a Apple, Verizon, Toyota, Lexmark, Caterpillar, Asution e Medtronic estão contra as leis de “direito de reparo” que cinco estados americanos introduziram em janeiro. Basicamente, essa nova legislação força as empresas de tecnologia a darem acesso público para instruções e componentes de seus produtos. Em outras palavras, permitir que lojas e assistências técnicas menores possam reparar celulares e outros equipamentos. No atual momento, as próprias companhias, como a Apple, querem dominar esse mercado, pois há muito lucro para se tirar daí. Por conta disso, essas empresas querem derrubar essa lei em pelo menos dois dos cinco estados americanos. A ideia das leis estaduais é que as empresas tenham que deixar público os documentos de reparo – e elas não querem de forma alguma Não é tão simples assim De acordo com a Senadora estadual Lydia Brasch, de Nebraska, um titã da indústria entrou em contato com ela e disse que essa lei faria com que o estado se tornasse o “paraíso para mal-intencionados”, algo que criaria muitos hackers. Contudo, a situação é um pouco mais complicada que essa, pois há muitos contrapontos. Por que as empresas querem esse monopólio? Simples: ele dá muito dinheiro Nebraska é um estado ruralista e depende principalmente da economia de agricultura. Sabe quantas Apple Stores existem por lá? Apenas uma. Isso significa que se uma pessoa quisesse consertar seu iPhone, tem que enviar, de alguma forma, o aparelho para lá. Apesar dos pesares, isso não é uma situação muito justa, não? Depender de apenas uma loja no estado inteiro? Demorar para reparar? Algo bem complicado Pensando além, já que se trata de um estado com foco em agronomia, é inviável que máquinas que cuidam de plantações fiquem quebradas e esperando por uma assistência técnica oficial, pois isso pode custar muitos dias e dar um prejuízo grande aos agricultores. Afinal, além de ser mais barato encontrar uma assistência local, também é mais rápido. As empresas querem garantir que somente elas prestam serviço e oferecem peças de qualidade, mas isso tira muito a agilidade e encarece o processo Porém, a Apple contrapõe esses pontos e diz algo que, por mais cruel e baixo que seja, não deixa de ser verdade: o domínio sobre assistências técnicas pela própria empresa garante um serviço e componentes de hardware da mais alta qualidade. Apesar de ser verdade, isso também ocorre porque essas mesmas companhias estão fazendo de tudo para que peças de alta qualidade não cheguem até às mãos dos donos de lojas menores, forçando-os a encontrar esses componentes em outros lugares.
  3. Boa tarde, concordo plenamente com você, por isso coloquei técnicos entre aspas, talvez não tenha me expressado tão bem mas essa é minha opinião também.
  4. Boa tarde, verifique se a peça é original mesmo, se não for teste com uma orginal. Também verifique o conector pra ver se não há fissuras ou oxidações.
  5. Verdade mesmo, dificilmente alguém vai querer usar esses aparelhos normalmente, mas infelizmente nosso país vive num jogo de interesses onde quem paga mais ganha
  6. A venda de microcelulares no Brasil agora é proibida por lei. Por determinação da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), os aparelhos não podem mais ser comercializados no país por não possuírem certificação do órgão e nem terem passado pelos processos de homologação. Geralmente fabricados na China, os microcelulares são aparelhos que medem em torno de 6 cm, quase inteiramente compostos por plástico e que, por isso, assemelham-se a brinquedos. Eles são encontrados por valores entre R$ 150 e R$ 250 e servem apenas para realizar ligações e enviar mensagens SMS. Por serem pequenos e baratos, esses gadgets viraram febre nas penitenciárias brasileiras, uma vez que são mais fáceis de serem contrabandeados. Em nota, a Anatel informa que já enviou um ofício para o Mercado Livre, a maior plataforma de comercialização desses aparelhos, com uma lista de produtos que deveriam ser retirados de forma imediata pelo site. Caso não cumprisse a ordem, que passou a valer na última quarta-feira, 17, a loja online poderia ser multada. Também por meio de nota, o Mercado Livre informou que “identificou os anúncios denunciados pela Anatel e já está providenciando sua remoção”. Segundo o site, os anúncios não estão de acordo com os Termos e Condições da plataforma por, nesse caso, não contarem com a homologação da agência reguladora. Assim sendo, os produtos não poderiam ser vendidos.
  7. Boa tarde, provavelmente seja problema de software, para descobrir o modelo faça o seguinte: abra janela de comando (CMD) no ADB e digite o seguinte comando: fastboot getvar all esse comando vai descrever na tela as características do aparelho inclusive modelo e versão da firmware instalada. Depois você pode instalar outra a mais recente disponível, mas antes digite os seguintes comandos: fastboot oem fb_mode_clear fastboot -w se não resolver efetue o desbloqueio do bootloader e instale a versão 4.4.4
  8. Boa tarde, verifique oxidações no aparelho, talvez seja problema de backlight, segue manual pra você conferir componentes responsáveis: https://drive.google.com/file/d/0B9WQ4SY5RgSdc25OSm5ocVNleFE/view
  9. Realmente existem muitos "Técnicos" e isso acaba atraindo esse olhar negativo dessas grandes empresas, mas acabar com as assistências fica muito difícil, o que eles podem fazer e fazem é dificultar a manutenção, por criar aparelhos cada vez mais complicados de se abrir, ou dificultar a compra de peças de reposição originais.
  10. O Android 8 terá novos emojis, numa reformulação para ganhar figuras mais próximas daquelas vistas nos smartphones da Apple e da Samsung. A novidade foi revelada durante a conferência Google I/O 2017 , nesta semana, e deve dispensar o desenho de personagens parecidos com uma bolha ou um polegar, disponível desde 2013 com o Android 4.4. Kit Kat. Diferemente de outras atualizações, desta vez os donos de celulares com versões antigas do Android também poderão baixar as novas figurinhas. As figuras foram redesenhadas para um formato redondo, mais próximo ao convencional utilizado em outros sistemas e aplicativos. Além disso, as proporções dos emojis foram atualizadas e cada um ganhou contornos e gradientes para ressaltar as imagens, tornando-as mais vivas dentro dos textos. Segundo o Google, o processo de reformulação durou 18 meses. Junto com as novas formas, o teclado de emojis do Google também vai receber no Android 8 figuras exclusivas do Emoji 5.0, pacote anunciado pela Unicode em março 2017. Entre as figuras estão desenhos de rostos, esportes e animais, como dinossauros, um mago e um personagem com a mão na boca. Ainda não se sabe a data de lançamento do Android O e do novo pacote de emojis. Enquanto isso, usuários com os smartphones Pixel e Nexus podem testar a versão beta do novo sistema, aproveitando também os emojis reformulados. Segundo o Google, diferente das atualizações anteriores, as novas figurinhas poderão ser baixadas em versões antigas do Android a partir do lançamento geral do software.
  11. O Android Go foi apresentado na última quarta-feira como uma alternativa para celulares com ficha técnica mais básica, e que por isso precisam de um sistema mais leve. Considerado uma variante do Android 8, ele será voltado para smartphones de entrada, com memória RAM de até 1 GB. O software deve chegar aos telefones a partir do ano que vem. De acordo com o Google, o sistema operacional terá aplicativos como YouTube, Chrome e Play Store otimizados para permitir um baixo consumo de Internet. Brasil e Índia estão entre os países com conectividade limitada e dispositivos com especificações muito baixas que devem receber o Android Go. Como uma versão mais leve do Android 8, o sistema do Google para smartphones básicos deve rodar em aparelhos com até 1 GB de memória RAM. Além disso, a Play Store vai destacar aplicativos e jogos que sejam mais leves, com menos de 10 MB, para auxiliar os processadores de baixo desempenho. O YouTube Go, outro app ajustado para o software, terá uma ferramenta para pré-visualização de vídeos, o que vai permitir que usuários decidam se realmente querem ver o conteúdo, além de escolher quantos dados móveis o uso do aplicativo vai custar. A versão do programa, que já está em versão beta na Índia, também deve oferecer uma função fazer o download de vídeos para ver offline. A área de notificações do Android Go também terá novas ferramentas, como uma aba para indicar o consumo de Internet. Segundo o Google, a função poderá receber indicações de planos das operadores de telefonia. Já o navegador Chrome chegará ao sistema com o recurso de economia de dados ativado por padrão. A previsão é que o Android Go comece a chegar em regiões em desenvolvimento, principalmente a Índia e países da América do Sul, a partir de 2018, junto com o Android 8 (Android O), também anunciado no Google I/O. De acordo com a empresa, todas as versões do sistema operacional terão uma variante do Go no futuro.
  12. Anonymous invadiu o banco de dados da Friboi na manhã deste sábado (20). De acordo com um manifesto enviado ao TecMundo, o grupo hacker está com diversas senhas de acesso, além de ter implantado usuários no banco de dados e estar monitorando a navegação local. "Estamos com suas senhas e acessos monitorados... Não se preocupem porque mudamos algumas etiquetas na sua área de produção e criamos alguns usuários dentro dos seus 9785", escreveu a Anonymous. Na íntegra: "Aos trabalhadores dessas empresas, saibam que o problema não é com vocês, e sim com essa corja de ladrões, corruptos e filhos da p*** que estão acabando com o nosso povo e nosso país". A Friboi é comandada pela JBS, que está envolvida no escândalo do governo brasileiro A Friboi é uma empresa da JBS S.A., uma companhia brasileira que se firmou desde 1953 como uma das maiores na indústria de alimentos do mundo, operando no processamento de carnes bovina, suína, ovina e de frango. Recentemente, tanto Friboi quanto JBS viram seus nomes envolvidos em delações e esquemas de propina do governo. Além de um suposto envolvimento do presidente Michel Temer com empresários da JBS, Gilberto Kassab (PSD), ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), recebeu R$ 5,5 milhões da JBS por meio de notas frias, de acordo com depoimento de Ricardo Saud, diretor da JSB, feito ontem (19) em delação premiada. O ministro negou o recebimento em nota. A invasão da Anonymous A prova do ataque ao banco de dados foi postado em um Pastebin online, com diversas amostras do que foi obtido. Ano passado, a Anoynmous também teve sucesso ao sequestrar máquinas da Anatel via ransomware — similar ao caso WannaCry — em protesto ao corte da internet após fim da franquia. Para mais informações, clique aqui. No documento postado online, que você pode acessar aqui, a Anonymous ainda escreveu: "Não vamos sossegar. Vocês podem pegar 1, 2, 3, 4 de nós, mas nunca conseguirão deter todos nós".
  13. Sabe aqueles apps que só travam, não funcionam direito ou comem sua bateria sem a mínima dó? Pois é, a Google vai fazer um arrastão para diminuir drasticamente a ofertas desses tipos de software na Play Store. A quantidade é enorme, metade do conteúdo tem apenas uma estrela de recomendação dos usuários devido a instabilidade e isso é muita coisa para uma loja virtual que registrou 82 bilhões de instalações. Apps não serão retirados da loja, mas ficarão na mira da companhia Segundo o CNet, a companhia de Mountain View falou sobre o assunto no evento para desenvolvedores Google I/O nesta sexta-feira (19) e os planos já começam com uma notificação aos 25% piores avaliados. O padrão de qualidade terá como referência os seguintes critérios: Paralisar por mais de 5 segundos em uma ação Travar Atrasar (principalmente se 50% dos quadros caírem para 60 quadros por segundo) Usar o rádio ou processador do dispositivo sem necessidade Despertar o aparelho mais de 10 vezes por hora quando ele estiver ocioso A ideia não é suspendê-los imediatamente, mas sim ajudar os programadores a resolver essas questões para melhorar seus produtos — ainda não ficou claro quanto tempo os responsáveis têm para realizar alterações e quais são as penalizações. A empresa também deve fornecer um painel com métricas para ajudar os desenvolvedores a encontrar as razões pelas quais os usuários estão desinstalando em massa e a definir quando é o melhor momento para subir uma atualização.
  14. Bom dia, se desejar pode entrar em contato com qualquer ADM via mensagem privada para montarem esse tutorial e por no ClanSoft. Obrigado pela ajuda
  15. Bom dia, verifique se o display é original e se não for faça a troca
  16. Bom dia, obrigado pela sua ajuda, esse é um problema bem comum que poucos conseguem solucionar, eu mesmo tenho um aqui com esse problema e vou testar sua dica. Mas para facilitar a consulta futura em busca de ajudas, pedimos que o senhor poste sua colaboração aqui: http://www.clangsm.com.br/topic/110647-guia-de-reparos-lg/. Muito obrigado
  17. Bom dia, que bom recebermos essa ajuda com reparos, pra facilitar a consulta futura pedimos que poste sua sugestão nessa guia: http://www.clangsm.com.br/topic/110647-guia-de-reparos-lg/ Obrigado
  18. Responda rápido: você já usou todas as teclas do seu teclado, principalmente aquelas que ficam na parte superior do acessório? Mesmo sem terem suas funções muito divulgadas, essas peças nos teclados de padrão QWERTY correspondem a comandos bastante úteis que podem dispensar o uso do mouse a todo momento, tornando a experiência de usuário ainda melhor e mais fácil. É por isso que nós do Tecmundo vamos explicar a função dessas teclas ignoradas pela maioria dos donos de computador e quando usá-las nos serviços e programas instalados no PC. Também conhecidas como "chaves", as teclas de função são aquelas que ficam na parte de cima do teclado, indo do F1 ao F12. Geralmente, elas podem ser utilizadas em conjunto com outras teclas, como o Alt e o Shift. Veja abaixo para que cada uma serve: F1 - abre o menu de ajuda do programa executado; F2 - renomeia um arquivo ou pasta selecionada no Windows Explorer. No Microsoft Word, move uma palavra selecionada dentro de um texto, enquanto no Excel abre uma célula selecionada para edição, e no PowerPoint alterna entre seleção da caixa de texto e edição de conteúdo. Ainda no Word, você pode pressionar Ctrl e Alt + F2 para abrir um novo documento, ou Ctrl + F2 para abrir a visualização de impressão de um documento; e no Excel, Shift + F2 para inserir ou editar um comentário na célula selecionada; F3 - abre uma janela de pesquisa, tanto no Windows Explorer quanto nos navegadores de internet (Chrome, Firefox, Internet Explorer, entre outros). No Word, insere um bloco de construção salvo previamente, ou Shift + F3 para alternar o texto selecionado entre maiúsculas e minúsculas; no Excel, Shift + F3 para inserir função; e no PowerPoint, Shift + F3 para alternar o texto selecionado entre maiúsculas e minúsculas; F4 - abre a barra de endereços para você digitar o caminho de uma pasta; no Word, Excel e PowerPoint, repete o último comando executado; F5 - nos navegadores, atualiza a visualização dos arquivos da pasta ou atualiza a página atual; no Word, abre a janela "Ir para" (Página, Seção, Linha) e dá acesso ao comando "Localizar e Substituir", ou Shift + F5 para voltar às posições anteriores do cursor no texto; no Excel, abre a janela "Ir para"; no PowerPoint, inicia uma apresentação de slides; F6 - nos navegadores, leva o cursor até a barra de endereços para digitar a URL de um site; no Excel, alterna entre planilha, menu de opções, painel de tarefas e opções de zoom (para operar sem mouse); no PowerPoint, alterna entre apresentação, menu de opções, miniaturas de slides e opções de zoom (para operar sem mouse); F7 - no Word, verifica a ortografia e a gramática do texto, ou Shift + F7 para abrir o dicionário de sinônimos; no Excel, verifica a ortografia e a gramática da planilha; no PowerPoint, verifica a ortografia e gramática da apresentação; F8 - no Word, aperte a tecla duas vezes para selecionar a palavra, três vezes para marcar a frase, quatro vezes para o parágrafo e cinco para o texto todo; no Excel, ativa o modo estender a seleção a partir da célula atual, ou Shift + F8 para selecionar células e intervalos que não estejam um ao lado do outro; F9 - no Excel, calcula as planilhas em todas as pastas de trabalho, ou Shift + F9 para calcular somente a planilha ativa; F10 - abre o menu superior de comandos, ou Shift + 10 para abrir o menu contextual (mesmo comando do botão direito do mouse); no Word, Excel e PowerPoint, permite o acesso aos menus de comandos por letras (sem o mouse); F11 - nos navegadores e na maioria dos programas, ativa o modo de tela cheia; no Excel, cria automaticamente em outra guia um gráfico de barras a partir do intervalo selecionado, ou Shift + 11 para inserir uma nova planilha; F12 - no Chrome, abre a ferramenta para desenvolvedores Console do Chrome; no Word, Excel e PowerPoint, pressione a tecla para abrir a janela de "Salvar como".
  19. A próxima atualização do WhatsApp deve trazer algumas grandes mudanças para o aplicativo. Ao que tudo indica, os desenvolvedores finalmente estão prontos para ativar o aguardado recurso para cancelar mensagens, que possibilita apagar o conteúdo antes que a outra pessoa leia. De acordo com o perfil WABetaInfo, que hackeia as novas versões do aplicativo atrás de novidades e vem acompanhando o desenvolvimento do recurso desde que ele apareceu, a função já deve ser ativada na próxima atualização estável do WhatsApp. A ferramenta nem mesmo deve passar pela fase de testes para os usuários que têm o aplicativo beta. Desde que o recurso foi identificado, ele passou por algumas modificações. Inicialmente, o WhatsApp planejava dar até 30 minutos para que o usuário se arrependesse e apagasse as mensagens, mas decidiu reduzir o período para apenas 2 minutos. Até mesmo o seu nome mudou: inicialmente, o recurso se chamava “revoke”, passou por “unsend”, mas foi rebatizado para “recall”. Isso, obviamente, na versão em inglês. Ainda não se sabe qual será o nome do recurso em português. Como já era esperado pelas imagens divulgadas pelo WABetaInfo, o recurso não esconde completamente a mensagem. Ele anula o conteúdo enviado, mas o balãozinho de texto permanece lá com um aviso de que a mensagem foi cancelada. Outras funções a caminho O WhatsApp Web deve ganhar em breve o recurso de compartilhamento de localização. O recurso permite que você transmita sua posição no mapa em tempo real para um contato, o que é útil para que duas pessoas se encontrem em uma multidão, por exemplo. A ferramenta foi introduzida recentemente também no Messenger e no Google Maps.
  20. Boa tarde, pedimos ao amigo ler as regras do fórum: http://www.clangsm.com.br/topic/394-regrastermos-de-uso-do-fórum/ 3 ) Proibido qualquer tipo de propaganda ou oferta, seja em fórum aberto, assinatura, perfis ou mensagens privadas, com conteúdo comercial, seja sobre venda de procedimentos, arquivos, fornecedores de peças, ferramentas, celulares ou qualquer outro tipo de comercialização que não se encaixe na seção Feira do Rolo.Somente serão aceitas indicação de parceiros ou serviços do fórum Clangsm. Sobre seu pedido, temos uma área especifica pra ele: http://www.clangsm.com.br/topic/105726-android-tablet-firmware-só-pedidos/
  21. ChatSim é um chip que oferece o envio de mensagens ilimitadas por aplicativos como WhatsApp, Facebook Messenger, Skype,Telegram e Viber, para smartphones e tablets. O serviço começou a funcionar no Brasil este mês e o chip já está à venda no site da empresa pelo preço de R$ 199, com opções de recarga que variam de R$ 52 a R$ 260. Criado pela empresa Zeromobile, o ChatSim tem parceria com mais de 250 operadoras em mais de 160 países. O cartão SIM chega como uma opção para os turistas que não querem pagar pelas altas taxas de roaming cobradas pelas operadoras ou que não querem ficar dependentes do Wi-Fi do hotel e restaurantes durante as viagens. Como funciona? Para funcionar, o dispositivo busca automaticamente a melhor operadora da região no momento. Mesmo que você mude de bairro, cidade ou país, o ChatSim sempre estará conectado com a operadora que oferecer melhor cobertura na sua área – tudo sem precisar trocar de chip. Nos testes realizados há cerca de um ano pelo TechTudo, o chip recebeu avaliação positiva ao funcionar em redes 3G ou 4G e apresentar boa velocidade no envio dos arquivos. Porém, é importante lembrar que o ChatSim não efetua nem recebe ligações ou mensagens SMS, e também não permite acessar a Internet. Para ativar o chip, o usuário precisa criar uma conta no site oficial da empresa. Por lá, é possível fazer as recargas e controlar a utilização de multimídias. Além disso, você pode ver a quantidade de créditos restante e também a data de vencimento do plano anual. Qual é o preço e como comprar? Caso você queira mandar fotos, vídeos e até mesmo fazer videochamadas, é necessário realizar uma recarga multimídia, que tem preço de R$ 52 a R$ 260. O valor de R$ 199 pago inicialmente garante o uso do chip por um ano e permite enviar mensagens e emojis ilimitados. O ChatSim pode ser adquirido no site oficial da empresa. Ele está disponível em três tamanhos diferentes, sendo compatível com qualquer celular, tablet ou PC, seja ele Android, iPhone (iOS), Windows 10 ou Windows Phone.
  22. Por enquanto são essas as opções como disse o Super Moderador Cristiano. Tópico marcado como resolvido e encerrado, se precisarem dar continuidade aqui: http://www.clangsm.com.br/topic/110652-frp-motog-4/?page=8
  23. No flex do touch tem escrito a versão da peça, V02 ou V03 tem que por da mesma versão se não, não funciona
  24. Siga a dica acima Tópico Encerrado
  25. O relançamento do Nokia 33110 em uma versão "repaginada" do clássico celular ainda não aconteceu. Porém, quem está com pressa já pode colocar as mãos em um modelo falso que é uma cópia do original — e que já está à venda bem antes da versão verdadeira. As primeiras falsificações têm origem na Malásia e já data d algumas semanas. Porém, os modelos encontrados mais recentemente ficaram mais fiéis ao original, com o cliente precisando de um olho treinado para não cair em uma cilada. Como mostram as imagens do VTechgraphy, os modelos falsos trazem uma tela menor que a do original. No modelo da HMD/Nokia, as "quinas" do display quase chegam a encostar na carcaça frontal. Na cópia, ela passa longe. Além disso, o teclado do telefone pirata é visivelmente de pior qualidade e traz teclas "saltadas", contra botões bem menos protuberantes no celular verdadeiro. Por fim, a interface de usuário é bem diferente e mais lenta.