SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Bruno da Centercell

Como testar Capacitores com um Multímetro Analógico

6 posts neste tópico

Colocar o multímetro na escala de resistência.

Encostar uma ponta de prova em cada terminal do capacitor.

Observar a movimentação do ponteiro do multímetro (não precisa marcar o valor).

Caso o ponteiro suba e desça o capacitor estará bom, ou seja, o ponteiro subiu pois estava circulando uma corrente para carregar o capacitor, terminada a carga acaba a corrente e o ponteiro volta para a posição inicial, o infinito. Quanto maior o valor do capacitor maior será o tempo que o ponteiro levará para subir e descer.

Se o ponteiro subir e ficar parado em alguma posição entre zero e o infinito (mesmo que comece a descer e pare) o capacitor estará com fuga, ou seja,uma corrente contínua está circulando através dele e isto já é sinal que este capacitor não está bom.

Se o ponteiro for direto para o zero o capacitor estará em curto. Também não está bom. Neste caso toda a corrente fornecida pelas pilhas do multímetro atravessará o capacitor, ele não oferece nenhuma resistência, e por isto o ponteiro vai para o zero.

Se o ponteiro não se mover o capacitor estará aberto, sem capacitância, e não estará bom. Neste caso o capacitor nem chegou a se carregar e é por isto que o ponteiro nem se moveu. Ficou na posição indicada por infinito.

Mas eu posso utilizar qualquer escala de medição de resistência para os testes?

Não. Dependendo do valor do capacitor deveremos utilizar escalas diferentes.

Vamos à prática:

Para medir capacitores acima de 10000 uF use a escala X1.

Para medir capacitores entre 1000 uF a 10000 uF use as escalas X1 ou X10.

Para medir capacitores entre 100 uF a 1000 uF use as escalas X10 ou X100.

Para medir capacitores entre 10 uF e 100 uF use as escalas X100 ou X1K.

Para medir capacitores entre 1 uF e 10 uF use as escalas X1K ou X10K.

Para medir capacitores entre 100 nF e 1 uF use as escalas de 1K ou 10K ou 100K.

Para medir capacitores entre 1nF e 100 nF use a escala de 100K.

Para medir capacitores abaixo de 1 nF use a escala de 100K mas a leitura será difícil e, consequentemente, o teste não terá precisão.

Com este teste eu consigo saber o valor do capacitor e saber se este valor não está alterado?

Com este teste não dá para saber o valor do capacitor, mas apenas se ele não está aberto, com fuga ou em curto. Para saber o valor exato é necessário o uso de um capacímetro. O que podemos fazer é pegar um capacitor, que sabemos que está bom e seja do mesmo valor do capacitor testado, e comparar a leitura no multímetro deste capacitor com o capacitor a ser testado, para isto memorize as posições em que o ponteiro para na medição de um e do outro. Se der muita diferença entre estas posições provavelmente o capacitor em teste terá alguma alteração.

Embora as escalas de medição de resistência de um multímetro possam apresentar alguma diferença entre a máxima resistência que pode ser medida, pois a máxima resistência a ser medida depende, além do fator de multiplicação (X1, X10, etc) do fundo de escala indicado no galvanômetro, as escalas acima servem como uma boa referência para o teste de capacitores.

Observações:

Alguns capacitores eletrolíticos, geralmente os com alta tensão de isolação, costumam apresentar uma certa corrente de fuga, sendo assim pode ser que em determinadas escalas o ponteiro suba e, ao descer, pare próximo ao infinito. Se isto acontecer diminua a escala de multiplicação e veja se o ponteiro chega ao infinito, caso isto aconteça o capacitor estará bom.

Todos estes testes foram desenvolvidos com o auxílio da prática e embora possam variar um pouco de multímetro para multímetro, sempre serviram para testar capacitores.

É interessante que ao adquirir um multímetro se escolha um que tenha várias escalas de medição de resistência e seja capaz de medir valores máximos de 50M ohms para cima. Para saber qual a maior resistência que um multímetro é capaz de medir basta ler o maior valor da escala de resistência e multiplicar pela maior escala.

Veja o exemplo:

Fundo de escala = 5K ohms

Maior escala = X10K

Maior resistência que pode ser medida = 5K x 10K = 50 M ohms.

Consideraçaõ final

Não encoste as mãos nas partes metálicas das pontas de prova, nem nos terminais dos capacitores, pois isto alterará as medições e testes.

(Retirado da Internet)

Boa Sorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

valeu pela orientaçao!

@felipe-gomes

Amigo que bom que o tópico li ajudou mais para Expressa sua gratidão em um tópico basta o senhor clica em (Agradecer) ok.

Assim deixaremos nossa casa mais bela e bem organizada

Boa Sorte

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa amigos! e nesse multimetro aqui, como eu faria para medir? Abraços! Please login or register to see this link.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Opa amigos! e nesse multimetro aqui, como eu faria para medir? Abraços!

[ATTACH=CONFIG]12532[/ATTACH]

Boa tarde. Eu geralmente utilizo o digital, tenho um pouco de aversão aos analógicos, mas acabo muitas vezes achando defeitos em capacitores da seguinte forma:

Coloco na escala 2K (2000)

Meço os capacitores. Geralmente o valor irá piscar em um número alto (1609 ou alguma coisa) e apagar. Isso, para mim, indica o capacitor OK, quando tenho ainda dúvidas, aumento a escala (20K, 2M) e testo novamente. Se estiver em curto, é fácil localizar, mas como os colegas colocaram, acredito que fugas e outros defeitos seriam melhor identificados com um analógico.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Eu recomendo também o uso do Capacimetro digital, de preferência retirar o capacitor da placa para uma leitura com melhor precisão. Nota: É comum usuários inexperientes confundir capacitores com resistores. Capacitores tem suas caracteristicas e propriedades elétricas diferentes das dos resistores, enquanto a principal função dos capacitores é armazenar carga, o resistores tem como propriedade se opor a passagem de corrente elétrica. Suas unidades de medida também são diferentes o Farad é a do capacitor, o Ohm(ômega) é a do resistor. Espero ter ajudado.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0