SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Reginaldo SanTana™

1ª vacina contra malária se mostra eficaz

1 post neste tópico

Vacina patrocinada pela fundação Bill e Melinda Gates se mostrou até 56% eficaz na proteção de crianças contra a malária.

Please login or register to see this image.

Os primeiros resultados do Estudo Clínico de Fase III da vacina RTS,S* mostram que ela reduz consideravelmente o contágio em entre 5 e 17 meses.

A vacina está sendo desenvolvida pela GSK e pela PATH em parceria com centros de pesquisa africanos. A Fundação Bill e Melinda Gates, criada por Bill Gates, já doou mais de US$200 milhões ao projeto.

A RTS,S* é um nome fictício para a vacina desenvolvida pela GSK Biologicals na Bélgica no final da década de 1980. Ela é baseada em uma proteína identificada no laboratório dos Drs. Ruth e Victor Nussenzweig, na Universidade de Nova York.

Ela é vista como promissora no combate à Malária, doença que mata 800 mil pessoas todos os anos, a maioria delas, crianças com menos de 5 anos na África Subsaariana. A vacina age contra a malária clínica e severa, despertando o sistema de defesa do organismo contra o parasita, o Plasmodium falciparum. Ela previne que ele infecte, amadureça e se multiplique no fígado e que entre novamente na corrente sanguínea, atacando as hemácias.

Os testes com a vacina foram realizados em 11 centros de sete países africanos. Os resultados mostraram que três doses de RTS,S reduzem o risco de crianças contraírem malária clínica em 56% e malária severa em 47%. Os dados correspondem a 6.000 bebês, com idades entre 5 meses e 1 ano e meio, observadas durante um ano após a vacinação.

Estudos ainda em andamento pretendem testar a eficácia da vacina em bebês entre 6 e 12 semanas de idade. Os resultados devem sair em 2012 mas, por enquanto, já se mostram promissores. Quando combinadas as análises de 15460 bebês de 6 semanas a 1 ano e meio, a vacina se mostrou 35% eficaz.

Como a RTS ainda está em desenvolvimento, é preciso aguardar os dados sobre os efeitos a longo prazo, 30 meses após a terceira dose. Os dados iniciais da Fase III forma publicados no New England Journal of Medicine (NEJN).

Crédito : Paula Rothman

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0