SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Thomas Martins

Utilização de banda Ku crescerá 8,8% ao ano até 2015 na América Latina

1 post neste tópico

Please login or register to see this image. A demanda por capacidade satelital na América Latina, especialmente em banda Ku, vem crescendo fortemente nos últimos anos e deve manter um bom ritmo pelo menos até 2015. Um estudo interno produzido pela SES World Skies prevê que a quantidade de MHz alugados em banda Ku na região crescerá em média 8,8% ao ano entre 2009 e 2015. Em banda C, o ritmo será menor: 1,5% ao ano, no mesmo período. Entre os principais fatores que impulsionam a demanda por banda Ku estão os lançamentos de operações de DTH no continente, como aquelas da Embratel, da Oi e da Telefônica.

A taxa média de ocupação dos satélites na América Latina está alta, um pouco acima dos 80%, calcula Jurandir Pitsch, vice-presidente de desenvolvimento de mercado para América Latina da SES World Skies. Para atender à crescente demanda por capacidade, quase todos os operadores planejam novos lançamentos na região. "Alguns dos novos satélites já sobem lotados", comenta o executivo.

Novos satélites

A SES World Skies pôs em operação recentemente o NSS-5, com 250 MHz em banda C cobrindo o Brasil, na posição 20 graus Oeste. Em junho de 2011, lançará o SES-4 (anteriormente denominado NSS-14), que irá substituir o NSS-7 em 22 graus Oeste, aumentando a quantidade de transponders nas bandas C e Ku. Para completar, em janeiro de 2013 a empresa vai pôr em órbita o SES-6, no lugar do 806, em 40,5 graus Oeste, com capacidade adicional nas duas bandas. O 806 atualmente possui apenas seis transponders em banda Ku, enquanto o SES-6 terá 48.

Seminário

O presente cenário do mercado de satélites na América Latina e suas perspectivas para o futuro serão debatidos por diversos especialistas do setor durante o Congresso Latino-Americano de Satélites 2010, que será realizado nos dias 30 de setembro e 1o de outubro, no hotel Sheraton, no Rio de Janeiro, com organização das revistas TELETIME e TELA VIVA. Pitsch, da SES World Skies, está confirmado como um dos debatedores em painel na manhã do primeiro dia do evento, ao lado de Délio Morais, da Hughes; Estevão Ghizoni, da Intelsat; Gustavo Silbert, da Star One; Nigel Gibson, da Telesat; e Sebastião do Rego Barros, da Hispamar. Para mais informações, acesse Please login or register to see this link.

Fonte: Teletime

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0