FCC publica estudo sobre banda larga nos EUA; definição de broadband passa para 4Mbps
0

1 post neste tópico

Please login or register to see this image. FCC, órgão regulador do mercado de telecomunicações nos EUA, publicou esta semana o relatório periódico referente ao mercado de banda larga dos EUA. O estudo tem como objetivo orientar as políticas públicas para o setor, e esse ano tem uma importância ainda maior pois é a base para as ações que serão implementadas pelo National Broadband Plan, ou plano nacional de banda larga, anunciado em março.

O relatório, chamado "Sixth Broadband Deployment Report", traz algumas conclusões e recomendações importantes. Primeiro, o estudo conclui que hoje há cerca de 24 milhões de norte-americanos em áreas em que não há a oferta de banda larga, e cerca de 80 milhões de pessoas que não assinam nenhum serviço de banda larga em suas casas. O estudo conclui que esses cidadãos não servidos são em geral de menor renda e vivem em localidades de menor poder aquisitivo e menor densidade demográfica, e que no ritmo atual do mercado eles não serão atendidos sem que haja ações regulatórias específicas.

Outro aspecto interessante do estudo é que ele recomenda à FCC mudar o parâmetro do que seja banda larga. O padrão, diz o relatório, deve passar a ser uma conexão de 4 Mbps para downstream e 1 Mbps para upstream. esse número foi estabelecido como o mínimo necessário para dar conta de serviços de vídeo, VoIP, navegação e comunicação pela Internet.

Fonte: Teletime

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0