Pilhas: chacoalhe e recarregue!
0

1 post neste tópico

Conheça a nova tecnologia que carrega pilhas por meio da vibração. É só chacoalhar e começar a usar.

Certamente você já passou pela situação de, no pior momento possível, a pilha do seu equipamento acabar. Nessa hora, qualquer mandinga vale: colocar as ditas cujas no congelador, trocar de posição e até mesmo xingar a danada para ver se o aparelho retorna dos mortos, nem que por alguns instantes.

Mas, como se sabe, nenhuma das estratégias resolve o problema. A solução é passar em um supermercado mais perto (quando estes existem ao redor – você pode estar no meio do mato acampando quando a tragédia acontece) e comprar novas pilhas para seu dispositivo.

Com o advento das pilhas recarregáveis, a vida ficou muito mais fácil e certamente menos poluente, uma vez agora você carrega a bateria conectando-a a uma fonte de energia. Entretanto, ainda é preciso encontrar a tomada mais próxima para dar conta do recado.

A evolução de uma ideia sustentável

Para resolver o problema da falta de pilhas, a empresa estadunidense Brother Industries desenvolveu a chamada Vibration-powered Generating Battery, que nada mais é do que uma bateria recarregável por meio de vibração.

Please login or register to see this image.

Please login or register to see this link.

Ao colocar a bateria em um controle remoto, você pode utilizá-la normalmente. Quando percebe que a bateria está no final, basta chacoalhar o dispositivo, que ela será carregada. Com isso você terá pilhas em qualquer situação, sem a necessidade de outras fontes de energia externas, seja a tomada ou o mercado da esquina.

A ideia é diminuir cada vez mais a necessidade de trocar a bateria, seja do seu controle remoto, lanterna ou controles de videogames. Com isso você reduz a produção de lixo e o gasto com as pequenas fontes de energia indispensáveis no dia a dia na conta do final do mês.

Protótipo e suas partes

O protótipo é feito de duas partes, que são utilizadas para induzir as cargas a serem recarregadas apenas com o “chacoalhão” ocasional: de um lado, o gerador eletromagnético, capaz de distribuir a energia para o controle remoto ou outro dispositivo. Em outro, um capacitor (como em “De Volta para o Futuro”) de dupla camada com capacitância de 500 mF, que armazena a carga induzida.

Ligados por um fio, a Vibration-powered Generating Battery ocupa os dois espaços do seu dispositivo e consegue produzir energia que equivale de 10 a 180 mW de potência. Isso quer dizer que elas não podem ser usadas em dispositivos que consumam no máximo 100 mW.

Para se ter uma ideia, um controle remoto para TV consome uma média de 40 a 100 mW, no limite de uso da bateria recarregável. Com isso, a utilidade pode ser percebida em dispositivos mais simples, como controles remotos, lanternas de LED e outros.

Posted Image

Please login or register to see this link.

Até quando esperar?

O protótipo será apresentado entre os dias 21 e 23 de julho na Tecno-Frontier 2010, em Tóquio (Japão). A empresa planeja demonstrar a ideia em um controle remoto de TV, em um controle remoto para equipamentos de luz e em uma lanterna LED, de forma a comprovar a eficácia e a usabilidade do protótipo.

Não há nenhuma notícia de datas de lançamento da Vibration-powered Generating Battery para o usuário final. Portanto, você ainda vai precisar do carregador de baterias ou de novas pilhas por algum tempo antes de poder apenas mexer o bíceps a fim de funcionar o controle da TV por mais tempo!

Enquanto isso, não adiante espernear e mandar o controle pelos ares quando acabar as pilhas. Diferente dos dispositivos com a bateria aqui apresentada, o “lançamento de controle” não vai melhorar o desempenho dele e nem recuperar a pilha que acabou, OK?! Quem sabe quando as pilhas já estiverem disponíveis no mercado...

FONTE: Baixaki

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0