Confira o melhor do Mobile World Congress em Barcelona
0

1 post neste tópico

O Mobile World Congress reuniu na última semana, em Barcelona, os principais fabricantes de telefones celulares , equipamentos de rede e telecomunicações em geral. O evento é uma vitrine para os principais lançamentos em celulares e smartphones para os próximos meses, e nós selecionamos os principais destaques

Motorola

A norte-americana continua a investir na plataforma Android, do Google. A novidade mostrada foi o Quench, com uma tela sensível ao toque de 3,1 polegadas, conectividade 3G, Wi-Fi e GPS, câmera de 5 megapixels com flash LED, acesso a serviços do Google (roda Android 1.5) e vem com a plataforma MotoBlur, que integra contatos e mensagens de redes sociais, como Facebook e Twitter. Até então, todos os modelos da Motorola com Android (Cliq, Milestone, BackFlip) vinham com teclado QWERTY integrado.

O aparelho começa a ser vendido ainda neste trimestre em "várias regiões do mundo", de acordo com a Motorola, e terá o nome CLIQ XT nos Estados Unidos (com exclusividade da operadora T-Mobile).

Sony Ericsson

A Sony Ericsson também mostrou dois Androids, mas não está restrita a essa plataforma. O destaque ficou versões reduzidas do Xperia X10, primeiro Android da fabricante sueca anunciado no ano passado. Os dois aparelhos têm as mesmas configurações (3G, GPS, Wi-Fi, câmera de 5 megapixels, tela de 2,5 polegadas e rodam Android 1.6).

Sua diferença está na existência de um teclado QWERTY, presente no X10 mini pro ¿ o X10 mini é apenas touchscreen. Além disso, o X10 mini virá em seis cores (branco, preto, rosa, verde, vermelho e prata), contra apenas duas X10 mini pro (branco ou preto). Serão lançados no segundo semestre, sem previsão de preço.

Além do Android, a Sony Ericsson anunciou o Vivaz Pro, uma versão com teclado QWERTY do smartphone Vivaz ¿ capaz de registrar vídeo em alta definição ¿ que roda o sistema operacional Symbian. Será lançado no segundo trimestre.

Puma /Sagem Wireless

Em parceria com a francesa Sagem Wireless, a Puma anunciou seu primeiro smartphone, o Puma Phone, com carregador solar na parte traseira do aparelho e acesso a conteúdo exclusivo da marca.

O Puma Phone vem com uma tela sensível ao toque de 2,8 polegadas, câmera de 3,2 megapixels com flash LED e vídeos em resolução VGA (640 x 480), rádio FM, tocador de MP3, GPS, itens esportivos (pedômetro, rastreador GPS e cronômetro), conectividade 3G, Bluetooth e USB 2.0.

Segundo a Puma, a bateria do aparelho permite 5 horas de conversação e 350 horas em stand-by. O smartphone sai em abril na Europa, e seu preço sugerido não foi divulgado.

Microsoft

A Microsoft mostrou a nova geração do sistema operacional para celulares Windows Phone, chamada Windows Phone 7 Series. Os primeiros aparelhos compatíveis com o novo sistema móvel serão lançados no final do ano por fabricantes como Dell, Garmin-Asus, HTC, HP, LG, Samsung, Sony Ericsson, Toshiba e Qualcomm.

A companhia diz que o Windows Phone 7 traz uma nova interface e se integra melhor à web e aplicativos, com games da XBox Live e músicas e vídeos da plataforma Zune, que irão rodar apenas no sistema da Microsoft. Steve Ballmer, CEO da empresa, disse, em um comunicado "que em um mercado cheio de telefones que parecem iguais e fazem as mesmas coisas, desafiei o time a criar um novo tipo de experiência móvel".

Os celulares com Windows Phone 7 terão um botão dedicado para buscas com o Bing. A tela inicial terá blocos "vivos" mostrando conteúdo em tempo real vindo de aplicativos e contatos, e serão seis áreas principais na interface (pessoas, fotos, games, música e vídeo, Office e Marketplace). Resta agora saber se os consumidores vão continuar a comprar aparelhos com o sistema Windows Phone atual (6.5) ou esperar pela nova versão.

Samsung

A Samsung finalmente lançou seu primeiro smartphone com a plataforma Bada, desenvolvida pela fabricante coreana para concorrer com outros sistemas operacionais para celular, como iPhone, Android e Symbian.

As especificações técnicas do Wave incluem conectividade 3G, Wi-Fi e Bluetooth, tela sensível ao toque de 3,3 polegadas, processador de 1 GHz, A-GPS, câmera de 5 megapixels com vídeo em alta definição (720p). Seu software inclui a interface TouchWiz 3.0, tecnologia mDNIe para conexão a televisores da Samsung e uma central de comunicação chamada Social Hub, que concentra e-mail, mensagens instantâneas e acesso a redes sociais. Além disso, o Wave reproduz vídeos no padrão DivX/Xvid.

O aparelho será lançado mundialmente em abril. A Samsung não informou o preço sugerido do Wave.

HP

A HP, em vez de lançar novos smartphones, mostrou em Barcelona seu smartbook Compaq Airlife 100, movido a sistema Android, com tela sensível ao toque e que pode ficar sempre conectado à web por 3G. Smartbooks unem as funcionalidades do netbook com a conectividade do smartphone.

O Airlife conta com uma tela de 10,1 polegadas, teclas com 92% do tamanho de um teclado convencional, 16 GB de disco SSD para armazenamento e conectividade Wi-Fi, 3G, webcam, GPS (com software de navegação) e bateria que dura até 12 horas, de acordo com a fabricante. O smartbook usa processador Qualcomm Snapdragon QSD8250. Inicialmente, o produto será vendido em parceria com a Telefonica na Europa e América Latina. O preço não foi informado.

Nokia e Intel

Nokia e Intel fecharam uma parceria para criar uma plataforma para dispositivos móveis, chamada MeeGo. O novo sistema surge da fusão dos sistemas Moblin, da Intel, e Maemo, da Nokia, baseados em software livre, e o primeiro aparelho deve ser lançado já no segundo trimestre deste ano.

Segundo as empresas, o MeeGo é "uma plataforma de software baseada em Linux compatível com múltiplas arquiteturas de hardware entre diversos segmentos de dispositivos, incluindo computadores móveis, netbooks, tablets, telefones para mídia , TVs conectadas e sistemas de entretenimento/informação veicular".

O MeeGo terá código aberto e será mantido pela Linux Foundation. Desenvolvedores poderão usar o mesmo ambiente de desenvolvimento já usado hoje para Maemo e Symbian, chamado Qt, e vender aplicativos tanto na Nokia Ovi Store quanto na Intel AppUp Center.

Garmin-Asus

A Garmin-Asus levou a Barcelona dois novos smartphones com sistemas de navegação por GPS integrados: o nüvifone A50, que vem com Android, e o nüvifone M10, com Windows Mobile.

O A50 é um celular touchscreen com todos os recursos de personalização do Android e vem com o software de navegação da Garmin, com instruções por voz e direções ponto a ponto. O aparelho permite integrar a localização em quase todas suas funções, como e-mail, SMS e fotos. Sua configuração inclui uma tela de 3,5 polegadas, 4 GB de armazenamento interno (com expansão via cartões microSD), acelerômetro e câmera de 3 megapixels.

Já o M10 também é um modelo totalmente touchscreen, só que roda a versão mais recente do Windows Mobile (6.5.3), de olho no mercado corporativo. Também tem uma tela de 3,5 polegadas, 4 GB de armazenamento, 3G, Wi-Fi e vem com recursos de navegação similares aos de um GPS de carro, com mapas, navegação e direções. Segundo a Garmin-Asus, os modelos serão lançados na Europa (A50 e M10) e Ásia (apenas o M10) ainda neste semestre. A fabricante não informou preços.

LG Mini

O principal anúncio da LG no Mobile World Congress foi o celular Mini (GD880), com tela sensível ao toque e dimensões reduzidas. O Mini conta com tela de 3,2 polegadas, câmera de 5 megapixels, conectividade 3G, Bluetooth e Wi-Fi, o Mini tem apenas 10,6 milímetros de espessura e pesa 99 gramas.

O Mini virá com o novo serviço Air Sync, que sincroniza dados continuamente entre o telefone e um servidor na web pela rede da operadora, garantindo que fotos, vídeos, agenda e contatos sejam atualizados e estejam disponíveis todo o tempo. O Mini sai primeiro na Europa, agora em março.

HTC Desire

A HTC, que fabrica o Nexus One, do Google, lançou uma versão parecida em Barcelona, chamada Desire. Rodando o sistema Android, o Desire tem uma tela sensível ao toque de 3,7 polegadas, processador de 1 GHZ (Qualcomm Snapdragon), joystick óptico para navegação na tela e compatibilidade com a mais recente versão do Adobe Flash para celulares (10.1). O Desire chega às lojas na Europa e Ásia já em março. O preço não foi divulgado.

Fonte:Terra

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0