O que um antivírus precisa ter para ser eficiente?
0

1 post neste tópico

O que um antivírus precisa ter para ser eficiente?

Confira quais são as principais funcionalidades que um antivírus deve possuir para ser considerado bom.

Com os computadores conectados à internet quase 100% do tempo, fica cada vez mais evidente a necessidade da utilização de um bom programa antivírus. A todo instante são lançados novos softwares maliciosos na rede mundial, todos sedentos para encontrar uma máquina desprotegida para começar a infecção.

Devido a essa instantaneidade nos acontecimentos e à crescente variação nos arquivos infecciosos, os antivírus devem ser mais completos e estáveis, visando proteger os computadores dos usuários e destruir qualquer forma de vírus, trojan ou qualquer outro malware que tente se alocar nos discos locais.

Mas quais são os pontos que o usuário deve analisar na hora de escolher um antivírus? A resposta é um pouco extensa, mas o portal Baixaki separou onze pontos-chave para que os usuários fiquem mais tranquilos com seus programas.

Please login or register to see this image.

Identificação de vários malwares

Existe uma gama enorme de softwares especializados em cada um dos tipos diferentes de malwares e que procuram apenas trojans, só spywares ou keyloggers. Hoje, um bom antivírus não deve ser limitado a apenas um desses tipos de arquivos maliciosos, mas deve buscar e exterminar qualquer tipo de vírus.

Proteção em tempo real

Por muito tempo, os antivírus faziam buscas por problemas no disco rígido apenas quando o usuário ordenava que a ação fosse realizada. Isso é coisa do passado, pois com os computadores online o tempo todo, antivírus que não possuem proteção em tempo real (verificação constante de todos os dados trocados entre máquina e servidores) devem ficar longe dos computadores.

Opções de varredura

Nem sempre o usuário dispõe de tempo para fazer uma verificação completa em todo o disco rígido. Ou então às vezes é necessário que sejam escolhidos apenas alguns arquivos ou pastas. Antivírus devem poder ser configurados para que realizem varreduras rápidas ou profundas, disponibilizando também opções de locais para escaneamento.

Posted Image

Agendamento

A possibilidade de marcar verificações automáticas também é um ótimo diferencial que alguns antivírus oferecem aos seus clientes. Alguns permitem que sejam marcadas varreduras periódicas, que podem ser mensais, semanais, diárias ou em qualquer outra frequência escolhida pelos usuários.

Desligamento automático

Aclamada pelos usuários que não dispõem de tempo hábil para verificações durante o funcionamento do computador, esta função permite que a máquina seja desligada automaticamente após o fim das verificações. Desse modo o usuário ordena as varreduras apenas no tempo ocioso do computador, sem que isso atrapalhe suas atividades.

Verificação de mídias removíveis

Um dos maiores disseminadores de pragas virtuais é o pendrive. Os usuários conectam o dispositivo de memória em um computador infectado e logo todos os outros já estão contaminados também. Antivírus com verificação automática de mídias removíveis podem contribuir bastante para evitar esse tipo de infecção.

Posted Image

Proteção em emails

Outra fonte de infecção que incomoda bastante é o correio eletrônico. Os melhores softwares de proteção contra vírus devem ser integrados aos serviços e softwares gerenciadores de email para evitar que os usuários sejam contaminados com vírus anexados às mensagens recebidas.

Criar disco de boot

Há alguns tipos de arquivos maliciosos que desativam os arquivos de inicialização dos antivírus, ou mesmo do próprio sistema operacional. Antivírus que permitam a criação de discos de boot podem ser muito úteis para os usuários conseguirem realizar verificações antes mesmo de o sistema operacional ser inicializado.

Pouco uso de memória

Muitos usuários reclamam que os antivírus pesam muito nos computadores enquanto as varreduras estão sendo realizadas, o que impede que outras atividades sejam executadas durante esse período. Programas de proteção leves, que rodem em segundo plano, podem resolver esse problema e agradar bastante aos usuários que não são incomodados pelo peso da verificação.

Varreduras simultâneas

Em alguns momentos os usuários precisam fazer verificações rápidas de um disco removível ou mesmo de uma pasta independente no sistema, ao mesmo tempo em que estão sendo feitas varreduras completas do computador. Antivírus que permitem essas varreduras simultâneas ganham pontos, por evitarem a necessidade de que a verificação principal seja interrompida pelo usuário.

Posted Image

Atualizações frequentes do banco de dados

O banco de dados de um antivírus contém todas as informações referentes aos vírus e outros arquivos maliciosos que podem danificar o sistema. Como em todos os dias são lançadas novas pragas, o antivírus deve estar sendo constantemente atualizado para evitar que os computadores sejam infectados por arquivos maliciosos novos.

Anti-rootkit

Rootkits são os malwares que utilizam técnicas de programação para se camuflarem dos softwares de segurança. Não são todos os antivírus que fazem verificações profundas a ponto de encontrar esses arquivos maliciosos, portanto os que possuem essa característica ganham muitos pontos e conquistam muitos usuários.

Cuidado com falsos-positivos

Alguns antivírus reconhecem arquivos comuns de instalação como se fossem arquivos maliciosos. Caso desconfie dos resultados obtidos com alguma verificação, o portal Baixaki recomenda que o arquivo seja enviado ao site Vírus Total, assim ele será verificado pelos principais antivírus do mercado, notificando se o arquivo é mesmo um malware, ou se é um falso-positivo.

Posted Image

Conclusão

É importante ressaltar a importância do uso de um bom software antivírus para qualquer perfil de usuário, seja um usuário comum ou um gamer, por exemplo. São os antivírus que garantem a proteção e o bom funcionamento dos computadores, pois sem arquivos maliciosos os sistemas ficam mais estáveis e, por consequência, mais rápidos.

Por isso mantenha sempre um bom antivírus instalado em seu computador, mas lembre-se de que não adianta apenas deixá-lo instalado. Devem ser realizadas atualizações diárias na base de dados e também devem ser programadas verificações completas com frequência para garantir a segurança do computador.

Importante lembrar que mais de um antivírus instalado no computador pode gerar conflitos e anulações de funcionalidades, o que ocasiona instabilidade e problemas de segurança, além disso, é recomendado possuir também um firewall eficiente alocado no sistema.

FONTE: Baixaki

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0