0
davidsilba

Proteção ESD e EPI, Quando e Quanto é necessário)

Posts Recomendados

Bem amigos colaboradores, esses dias comprei esse kit:

Posted Image

usando essa proteção no mesmo dia em que usei me perguntei. o quanto isso é necessário e o quanto estou exagerando na proteção..

antes so usava a pulseira:

Posted Image

oficialmente tive pouco problemas mesmo sem proteção nenhuma, depois que passei a usar somente a pulseira nunca mais tive problemas resultando em abrir um aparelho e danifica-lo misteriosamente (estatica claro)..

ou danificar uma malha(flex) sem em toca-la..

E os amigos o que acham?? o quanto vc se protege e o quanto é realmente necessário de fato??

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

sempre é necessario usa-lo quando for abrir 1 aparelho.

A pergunta cara amigo naum é usa-lo e QUANTO usa-lo.. sim, relacionado no kit que adiquiri!

quando ele vira exagero e quando vira o esencial..

pulseira antiestatica

manta antiestatica

luvas antiestatica

jaleco antiesatatico

flanela antiestatica

pinceis antiesatatico

pinça antiestatica

entendeu a questão de QUANTO?!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Amigo, o material deveria ser obrigatorio para todos que lidam com eletronica.

O problema não é a queima de componentes. Queimou você troca. Numa descarga eletrostatica, quando nao queima o componente você dá tipo, um "TRANCO" no componente. Com certeza ele vai perder e muito a vida util.

Um pouco de informação tecnica para você.

Segue

Cargas eletrostáticas são criadas pelo contato e separação de dois materiais. Por exemplo, uma pessoa andando sobre um piso gera eletricidade estática conforme a sola do sapato entra em contato e em seguida se separa da superfície do piso. Da mesma forma um dispositivo eletrônico deslizando para dentro ou para fora de uma embalagem gera eletricidade estática, devido aos múltiplos contatos entre seu corpo e terminais e o material da embalagem.

Atividades Causadoras de ESD.

Algumas destas atividades incluem:

- Caminhar sobre um carpete, 1.500 a 35.000 volts.

- Caminhar sobre um piso de Vinil sem tratamento, 250 a 12.000 volts.

- Sentar em um cadeira com estofamento em Vinil, 700 a 6.000 volts.

- Utilizar um envelope em Plástico Comum, 600 a 7.000 volts.

- Atritar um plástico comum em uma cadeira com estofamento em vinil 1.200 a 20.000 volts.

Efeitos da eletricidade estática

Quando sentimos um choque de eletricidade estática, estaremos experimentando uma descarga de no mínimo 3.000 volts .

Enquanto é possível sentir uma descarga eletrostática de 3.000 volts, cargas menores estarão abaixo da sensibilidade humana. Usualmente pequenas cargas podem e danificam dispositivos semicondutores, estes componentes de alta tecnologia utilizados hoje podem ser prejudicados por cargas menores que 100 volts. Alguns destes componentes sofisticados irão ser danificados por cargas baixas como 10 volts.

É necessário estar atento aos danos provocados por ESDno trabalho diário.

Os efeitos da ESD sobre os componentes eletrônicos serão invariavelmente destrutivos.

Após uma descarga eletrostática o componente pode apresentar falha total, degradação de desempenho, redução de expectativa de vida ou operação errada.

No caso de circuitos digitais que utilizam memórias semicondutoras podem ser esperadas falhas de software devido à corrupção de dados armazenados nessas memórias.

Chamamos esses danos de dano catastrófico ou dano latente.

Sensibilidade de Diversos Dispositivos.

Posted Image

[h=2]Principais Geradores de ESD.[/h] -Desenrolar fita isolante ( acreditem, gera ESD)

-Embalagem plástica sobre bancada

-Papel (revistas, livros)

-Saco bolha branco ( ja embrulhou seus componentes num desse?)

-Roupas de nylon e acrílico ou lã

-Caminhar sobre piso isolante

-Utilização de escova inadequada

-O próprio corpo humano

-Isopor ( hehehehe, quanto espetar CI neles, sem saber não é? )

[h=2]Soluções Contra os Efeitos da ESD.[/h]

Existem diferentes formas de atenuar o efeito das descargas eletrostáticas ou mesmo impedir sua ocorrência. As soluções em geral são simples e de custo reduzido, permitindo um efetivo ganho de confiabilidade em processos de manutenção, operação e armazenagem de equipamentos e componentes.

As principais técnicas são :

[h=3]Aterramento[/h] Um material condutor pode ser aterrado por conexão direta a terra (aterramento) ou por ligação com outro condutor que já está conectado a terra (equalização). É um processo utilizado para minimizar as diferenças de potenciais elétricos entre os objetos e a terra.

[h=3]Pulseira anti-estática[/h] É uma pulseira conectada a um cabo aterrado que permite que qualquer acúmulo de cargas no corpo do operador do equipamento seja desfeito com o retorno ao equilíbrio.

A pulseira possui um resistor (1 M) acoplado em série para limitar a corrente de curto circuito, protegendo o usuário caso o mesmo venha a tocar em algum componente energizado.

[h=3]Manta dissipativa[/h] Usada para aplicações em bancadas ou mesa de trabalho, confeccionada com borracha anti-estática com três camadas e fio de aterramento.

Espero que tenha te ajudo com tais informações.

E fica aqui meu conselho.

USE SEMPRE .

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

... sim, relacionado no kit que adquiri!

Entendemos seu questionamento, pode ficar tranquilo tanto é que já rendeu e continuará rendendo ótimos frutos "davidsilba", o nosso colega "Gilcelio" nada mais comentou o que você mesmo postou no seu tópico, aqui é assim, postou receberá respostas!

Bem tens um belo kit, está ótimo, mas ainda ressaltaria mesmo o aterramento,

já pude perceber na prática a importância de um bom aterramento, principalmente em informática!

Outra realmente, como alguns materiais, como plásticos comuns e malhas de lã se manifestam energias eletrostáticas.

Mas claro que muitas vezes pode-se deixar de lado e nunca apresentar qualquer problema, mas como somos profissionais!

Continuamos a ser profissionais, vamos que vamos!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
0