Anatel x Nextel: Empresa diz que cumpriu medida cautelar
0

1 post neste tópico

A Nextel reagiu ao posicionamento do Conselho Diretor da Anatel. Em nota oficial, de poucas linhas, a empresa sustenta que a decisão tomada pelo Conselho Diretor da agência - que em reunião desta quinta-feira, 05/07, decidiu não conceder liminar ao pedido feito pela operadora para não ser penalizada por venda de serviços fora do modelo do Serviço Móvel Especializado(SME), que não prevê a venda direta para pessoas físicas - "não trata do mérito do processo administrativo".

A nota oficial da Nextel, encaminhada ao Convergência Digital, nesta sexta-feira, 06/07, diz: "A Nextel informa que a decisão do Conselho Diretor da Anatel não trata do mérito do processo administrativo e, bem assim, que a empresa já cumpriu integralmente o determinado pela medida cautelar dentro do prazo fixado, ou seja, no segundo semestre de 2010. A Nextel reforça o compromisso com a legislação vigente e com a satisfação dos seus clientes".

Mas o entendimento da Anatel é divergente. Na reunião do Conselho Diretor da agência, o conselheiro o relator do recurso da operadora, Rodrigo Zerbone, sustentou que “a Medida Cautelar foi adotada exatamente porque existiam fortes indícios no processo de que a forma de comprovação adotada pela Nextel estaria gerando violação ao disposto na regulamentação, permitindo a comercialização do SME de forma indiscriminada”.

Assim, a Anatel não apenas manteve a validade daquela cautelar como encaminhou à Superintendência de Serviços Privados nova denúncia feita pela TIM, segundo a qual a Nextel, apesar da medida adotada pela agência, continuaria a manter as práticas de comercialização indiscriminada dos serviços de SME.

:: Ana Paula Lobo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0