SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Thomas Martins

GPS grátis da Nokia coloca pressão sobre o iPhone

1 post neste tópico

Apple pode seguir o movimento da rival e adquirir uma empresa do setor, para acrescentar navegação ponto a ponto gratuita em seu smartphone

A oferta gratuita de serviços de mapas e GPS com navegação ponto a ponto em celulares da Nokia , anunciada na quinta-feira (21/1) pode ser um golpe para empresas do segmento como Garmin Ltd. e TomTom, além de colocar pressão em outros fabricantes, como a Apple.

O impacto já foi observado nas ações das empresas de GPS, na própria quinta-feira. A estratégia valoriza os smartphones multifuncionais, especialmente da fabricante finlandesa, que possui a maior participação no mercado de celulares, mas não tem obtido bons resultados de vendas nos Estados Unidos.

"Avalio se a navegação gratuita pode dar a eles o poder de aumentar a participação no segmento de smartphones por lá”, afirma o analista da ABI Research, Dominique Bonte.

A Apple Inc. também tem sido pressionada a oferecer navegação grátis para o iPhone, diante da pressão da Nokia e dos aparelhos com o sistema Android, do Google, analisa Bonte.

A empresa de Steve Jobs enfrentará um dilema junto aos desenvolvedores, que já oferecem uma série de aplicativos pagos de GPS para o iPhone. Na avaliação de Bonte, a Apple pode seguir o movimento da Nokia aos poucos e até adquirir uma empresa do setor de navegação.

De imediato, o anúncio da Nokia provocou uma queda de 11% no valor das ações da holandesa TomTom, na bolsa de Amsterdã, e de 5,5% nos papéis da Garmin, da Nasdaq .

O efeito do movimento da Nokia, entretanto, não superou o impacto gerado pelo Google, em outubro do ano passado, ao anunciar a navegação gratuita para o celular da Motorola, com Android, pela operadora Verizon, nos Estados Unidos. Na época, as ações da TomTom caíram 20% e as da Garmin tiveram uma queda de 16%.

A TomTom enviou um comunicado, em resposta à estratégia da Nokia, destacando “o alto índice de adoção de clientes” a seus principais produtos de navegação para automóveis e mapas digitais. "Os clientes têm demonstrado disposição para pagar pela melhor experiência de uso”, declarou a companhia. “Enquanto a concorrência continua agressiva no desenvolvimento de LBS (Location Based Services) e mapas patrocinados, a TomTom permanece focada na inovação...”

A Garmin comentou, por meio de um porta-voz, que “já está inovando e possui ofertas gratuitas similares [às da Nokia]”, incluindo seu Nuvifone, lançado na rede da operadora AT&T, em outubro. Segundo a porta-voz, o serviço “está indo bem e há outros lançamentos por vir."

Na avaliação de Bonte, da ABI Research, empresas como TomTom e Garmin continuarão inovando na guerra contra os gigantes como Nokia e Google, o que inclui o lançamento de dispositivos próprios para GPS com telas de 7 polegadas, o que torna mais fácil a visualização de imagens de satélite do que em telas de 3,5 polegadas de smartphones.

Os serviços de localização online - Location Based Services (LBS) – aliados à publicidade também estão na rota das empresas de internet, celular e GPS. O Google está na melhor posição, atualmente, e a Nokia briga por este mercado com a nova versão da plataforma Ovi Store.

A Garmin aposta em publicidade aliada a informações de trânsito, em tempo real, em seus dispositivos de GPS, informou a porta-voz da empresa.

Para o analista da consultoria J. Gold Associates, Jack Gold, o fato de o Google ter informações de quantos clientes passam por determinada loja, por meio do GPS, é um dado valioso para gerar receita.

Bonte prevê que os serviços pagos de GPS para smartphones vão desaparecer. A operadora Sprint, por exemplo, já oferece o GPS em seu plano Simply Everything, nos Estados Unidos. “Os pacotes gratuitos da Nokia e do Google já mataram os serviços premium de navegação”, diz o analista. Outro efeito da popularização do GPS no celular será a consolidação de pequenos fornecedores de serviços de GPS. Em dezembro, a TeleCommunications Systems adquiriu a Networks in Motion Inc., por 110 milhões de dólares em dinheiro, nos EUA.

Desta forma, o futuro de empresas como Appello Systems, Telenav e de outros players menores pode ter uma nova rota, que pode envolver fusões ou um encontro com a Apple no caminho.

Fonte:UOL

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0