SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Wellington Maciel™

Caixa segue o Banco do Brasil e diminui juros

1 post neste tópico

A Caixa Econômica Federal anunciou ontem um corte nos juros nas linhas de crédito para pessoa física e micro e pequenas empresas. No cheque especial, por exemplo, a taxa baixou 67% para até 1,35% ao mês. No financiamento de veículos, caiu para 0,98%. Nas linhas em que os juros ficaram menores, o banco espera liberar R$ 71 bilhões entre abril e dezembro.

Quanto às taxas anualizadas relativas a cartão de crédito, a redução foi de 40% no rotativo para todos os clientes que tenham cartões Nacional, Internacional e Golden.

O banco também anunciou o lançamento de um novo cartão de crédito, chamado "cartão Azul", com juros mais baixos. Para os correntistas que recebem salário na Caixa, a taxa será de 2,85% ao mês. Para quem contratar esse cartão, que é nacional, as taxas, de acordo com a Caixa, cairão dos atuais 12,86% ao mês para 2,85% – uma redução de 87% na taxa anual.

O programa de corte das taxas de juros também atende as linhas de capital de giro para empresas. A taxa passará de 2,72% ao mês para 0,94% ao mês.

Please login or register to see this image.

As medidas atingem 25 milhões de clientes do banco. Com o corte, a Caixa espera liberar R$ 10 bilhões em empréstimos para pequenas empresas. Ao todo, o banco prevê liberar no crédito R$ 300 bilhões neste ano, número 24% maior que em 2011.

O presidente da Caixa, Jorge Hereda, destaca que é a maior redução de juros do banco e que a estratégia vai fazer o banco ganhar mercado. "É importante ser competitivo, tanto para não perder clientes como para ganhar", disse durante entrevista com a imprensa.

O executivo destacou que na época da crise financeira internacional, o banco tinha 6% do mercado, fatia que chegou a 12,6% no final de 2011. "Queremos aumentar essa participação e ter a terceira maior carteira de credito do mercado."

O Banco do Brasil cortou suas taxas na última quarta-feira. Na média, a redução foi de 35%. O BB fez cortes em linhas como financiamento de veículos, cartões e para pequenas e médias empresas.

A redução nos juros do BB e da Caixa faz parte de uma estratégia do governo para estimular o consumo interno pelo aumento do crédito. O objetivo também é fazer com que os bancos privados sigam os públicos e cortem juros, para não perderem mercado.

Imobiliário – O financiamento imobiliário ficou de fora do programa de redução de juros. O presidente do banco argumentou que o segmento já tem margens muito pequenas.

A instituição financeira espera liberar no financiamento habitacional entre

R$ 90 bilhões a R$ 100 bilhões neste ano, acima dos R$ 80 bilhões do ano passado.

No primeiro trimestre, foram liberados R$ 21 bilhões, aumento de 40% em relação ao início de 2011. Descontando as linhas do segmento Minha Casa, Minha Vida, a expansão foi de 31%.

Hereda destacou que o segmento, depois de crescer a taxas muito elevadas nos últimos anos, está agora se expandindo em níveis mais sustentáveis. "Teve ano que cresceu 60%, isso não é sustentável."

Estratégia – Hereda minimizou a influência política na tomada da decisão de baixar os juros. "Não existe nenhuma atitude que não tenha amparo em análise de níveis de risco e inadimplência", afirmou. "É uma estratégia de negócios. Não foi nenhuma atitude impensada ou populista."

Ele destacou que o banco vai manter a rentabilidade e espera que o lucro em 2012 seja pelo menos igual ao do ano passado, que ficou em R$ 5,2 bilhões. Sobre a inadimplência, o executivo destacou que ela está controlada e que pode até subir com a nova estratégia, mas nada que preocupe o banco.

A Caixa, de acordo com ele, desenvolveu modelos de risco de alto nível "A Caixa vai pular na frente (dos concorrentes)" disse. A expectativa do banco é que a carteira de crédito registre crescimento de mais de 30% neste ano.

O banco também anunciou o lançamento do produto Cartão Azul Caixa, com juro de 2,85% ao mês para clientes que recebem salário no banco público.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0