SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Reginaldo SanTana™

Facebook é alvo de golpe para controlar perfis e vender o 'curtir

2 posts neste tópico

A fabricante de antivírus Kaspersky Lab e o site Linha Defensiva encontraram no Brasil um esquema no qual, por meio de spam – envio de mensagens indesejadas - e códigos maliciosos distribuídos dentro do Facebook, hackers obtinham o controle dos perfis das vítimas, que então eram programados para "curtir" outros perfis determinados. Na internet, cem mil "curtidas" eram vendidas por até R$ 3.990; mil curtidas poderiam ser obtidas por R$ 50.

A investigação chegou a dois sites. Um fazia o controle dos perfis na rede social, por meio da instalação de extensões. O outro promovia venda de "curtidas" com dizeres como "Adquira mil curtidas em sua fan page no Facebook". Ambos foram registrados no mesmo dia, com os mesmos dados e estavam hospedados no mesmo provedor. Os dois saíram do ar na última sexta (23), quando o esquema foi divulgado, e permaneciam assim nesta quarta (28).

O primeiro site não tinha uma página principal, mas hospedava um código que era carregado por extensões de navegadores distribuídas no Facebook. Essas extensões eram ofertadas aos internautas com mensagens como "saiba quem visitou seu perfil do Facebook", "saiba quem viu suas fotos", "mude a cor do seu perfil", "remova a timeline", entre outros recursos que o Facebook não oferece.

Ao tentar ativar esses recursos, os usuários de Firefox e Chrome recebiam uma extensão no navegador que, quando instalada, não realizava a função oferecida, mas carregava um código, disseminando a mensagem e "curtindo" páginas na rede social sem avisar o internauta.

Uma das páginas curtidas indevidamente trazia anúncios para divulgar o site que realizava a venda de "curtidas" em forma de pacotes. Ao Linha Defensiva, o responsável por essa página negou qualquer envolvimento com o site que espalhava o spam, afirmando que apenas revendia o serviço adquirido do site de leilões norte-americano eBay.

O serviço que processava os pagamentos dos pacotes afirmou que iria analisar o caso.

O Facebook diz que "não comenta casos específicos" e sugeriu que usuários denunciem mensagens de spam (veja como no site do Facebook).

Fonte: G1

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0