Fragmentação no Android tem aposentado smartphones mais cedo
0

1 post neste tópico

A nova janela de atualizações dos dispositivos Android mostrou que a maioria dos modelos lançados nos Estados Unidos tiveram um suporte muito pior que o iPhone. Quem informa é o analista Michael DeGusta, que mostro em um infográfico como a maioria dos smartphones com sistema da Google, lançados de 2010 até agora, foram rapidamente abandonados pelos seus fabricantes.

Please login or register to see this image.

DeGusta mostra que em um grupo de 18 smartphones com Android, 15 deles não rodam a versão 2.3 do Android, sendo que destes, sete chegaram ao mercado já desatualizados, em relação ao desenvolvimento do sistema da Google. Segundo seus estudos, DeGusta crava que “provavelmente, pelo menos 16 modelos novos de smartphones ficarão sem a nova versão 4.0 (Ice Cream Sandwich) do Android”. Um deles já está confirmado pela própria Google: o Nexus One.

Posted Image

As empresas que mais decepcionam nas atualizações de seus dispositivos são a Garmin, a Motorola e a Samsung. A maioria dos seus aparelhos vendidos possuem a penúltima versão do Android, e o seu ciclo de suporte aos modelos é muito curto, deixando boa parte dos modelos desatualizados em duas ou mais versões do Android.

Dois exemplos claros desse comportamento: toda a luta dos usuários do Milestone para receberem a atualização do Android em seus aparelhos; e nos Estados Unidos, o Behold II da Samsung, que teve prometida a sua atualização da versão 1.6 do Android para a 2.0, mas isso nunca aconteceu (mesmo o hardware do aparelho permitindo tal atualização).

A HTC tem sido mais consistente com as atualizações, mantendo seus telefones atualizados e planejando a atualização de modelos como o Incredible e o Evo 4G.

Por outro lado, os proprietários de iPhones sempre tiveram versões atualizadas do iOS, e em várias versões. Para se ter uma ideia do nível de extensão do suporte da Apple, o suporte à primeira versão do iPhone, lançada em 2007, só acabou em fevereiro de 2010. No caso do iPhone 3G, mesmo com todas as reclamações da lentidão do iOS 4 no modelo, seu suporte foi até novembro de 2010.

Posted Image

A preferência dos usuários pelo suporte da Apple se torna mais explícito quando falamos do iPhone 3GS, o modelo mais antigo do iPhone no mercado atual. De acordo com a AT&T, os clientes mais novos acabam escolhendo o 3GS no lugar de um novo modelo Android pelo simples fato de saber que o modelo da Apple é capaz de rodar a versão mais recente do sistema operacional (o iOS 5).

O estudo também mostra que os usuários acabam enfrentando problemas sérios nos aparelhos desatualizados. Os desenvolvedores que desejam atingir a maioria dos usuários Android terão que esperar até 2015 para atingir o público/alvo do Android 2.3, que será a versão padrão em 3 anos. Outro problema é que a Google não oferece atualizações de segurança retroativa, deixando grande parte de sua base de usuários expostos a falhas de segurança recém-descobertas.

Posted Image

Lançado em novembro de 2010, o Samsung Galaxy Tab já estava obsoleto em agosto de 2011, quando a versão de 10.1 com Honeycomb chegou ao mercado

DeGusta especula que a maioria dos fabricantes Android estão usando uma abordagem negativa aos usuários, estimulando um upgrade de hardware para obter os benefícios das novas versões do sistema. Diferentemente do que se imagina, são os fabricantes de smartphones Android que estão planejando a obsolescência dos modelos antigos, e em alguns casos, estão recorrendo aos novos designs e recursos de hardware para convencer os consumidores na troca dos aparelhos.

A Google, por sua vez, promete um suporte maior e mais frequente nas versões Android, e uma janela maior de atualizações. Como sempre, no entanto, o maior prejudicado é o usuário. “As fabricantes de telefones estão simplesmente ignorando o ciclo de contratos de dois anos de suporte para cada versão, abandonando os seus usuários e forçando os mesmos a comprarem outros telefones”, observou DeGusta.

“A estratégia da Apple para fazer o usuário comprar outro telefone é fazer com que o mesmo fique muito feliz com o seu iPhone atual, deixando a versão antiga atualizada, e mostrando o que a versão nova pode oferecer a mais. Já os fabricantes de telefones Android, aparentemente, pensam que podem levar o usuário a comprar outro Android deixando o mesmo infeliz com o modelo atual”.

Crédito : TechTudo

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0