SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Reginaldo SanTana™

Dilma assina lei que deixa tablets mais baratos

1 post neste tópico

A presidente Dilma Rousseff sancionou nesta terça-feira (11) a concessão de incentivos fiscais para tablets produzidos no Brasil. Os incentivos foram propostos pelo governo em medida provisória aprovada pelo Congresso.

A previsão do governo é que, com a redução dos impostos, os tablets possam custar até 36% menos na comparação com o similar importado. A redução só vale para aparelhos produzidos no Brasil, com um determinado índice de componentes nacionais. Para receber os benefícios, as empresas têm que se comprometer a incluir nos aparelhos um conteúdo nacional de 20% no início da produção e de 80% em três anos, e apresentar o projeto ao Ministério de Ciência e Tecnologia.

A medida zera a alíquota de PIS/Pasep (Programa de Integração Social e de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e da Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social) sobre os tablets – computadores de mão que possuem telas sensíveis ao toque – feitos no país.

Segundo a Casa Civil, Dilma concordou com um veto do Ministério da Fazenda a artigo que previa a retroatividade da medida até 20 de maio. Com a decisão, de acordo com a Fazenda, os incentivos só passam a valer a partir da publicação no Diário Oficial, o que deve ocorrer na quinta-feira (13).

Com o objetivo de incentivar a produção de tablets em território nacional, o Executivo enviou medida provisória depois da visita da presidente Dilma Rousseff à China no começo do ano.

Na ocasião, a Foxconn, fabricante terceirizada do iPad, da Apple, apresentou um plano de investimentos no país e pediu apoio do governo por meio de incentivos fiscais.

Além dos incentivos à produção dos tablets, o texto aprovado pelo Senado e sancionado por Dilma aumenta o prazo para que administradoras de Zonas de Processamento de Exportações (ZPEs) criadas a partir de 23 de julho de 2007 iniciem suas obras de implantação. O tempo permitido passa de 12 para 24 meses.

Please login or register to see this image.

Crédito : R7

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0