SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
vsalves

Vírus no Pendrive

3 posts neste tópico

O Pendrive não abre (Só abre se digitar o diretório na barra de tarefa) Solução abra Iniciar executar Digitar " cmd " (Sem as aspas) Vai abrir a janela do DOS Abra o diretório do Pendrive (EX: E:\> ) Execute os caminhos a baixo Execute os dois um deles vai localizar o Vírus attrib -h -r -s -a yo2mq6.exe (digite enter) attrib -h -r -s -a autorun.inf (digite enter) Após isso basta abrir o Pendrive e excluir o Arquivo oculto que ira aparecer. Seu Pendrive vai voltar abrir normalmente. (OBS: Também funciona se o diretório do disco local C: não estiver abrindo, vai funcionar).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Para prevenir este tipo de coisa, crie duas pastas com os seguintes nomes: autorun.inf autoexec.bat Porquê pastas? O sistema operacional Windows tem por padrão em sua configuração que jamais arquivos possam substituir pastas. Portanto, uma pasta jamais será sobrescrita por um arquivo de autoexecução, que é o método mais comum de infecção dos Windows. Criando estas pastas, o vírus ainda será copiado para o pendrive, mas não será executado automaticamente através dos comandos do autorun.inf. Após plugá-lo, então poderá ser removido os arquivos executáveis do vírus, e a pasta RECYCLER, que contém cópias desses arquivos de infecção. P.S.: o arquivo executável do vírus pode ter qualquer nome e ícone, não necessariamente yo2mq6.exe.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Complementando o Neno Molina, caso algum usuário decida criar essas pastas com extensões citadas, poderia ‘Formatar’ primeiro esses Pentdrivers no ‘Sistema de Arquivos’ desejado ou compatível (FAT16, FAT32 e Cia), e só após criar essas tais pastas, evitaria: * Permanência de qualquer tipo de arquivo malicioso. * Agilidade na adequação de novos arquivos que serão ali armazenados. * Evitar que ocorra em alguns casos descaracterizações de nomes destas pastas ou impossibilidade de exclusão futuramente. Pois, já poderia ali existir arquivos desses tipos, ou seja, muitos cartões de memória já vem de fábrica com ‘Autorun.inf’ e outros, executando funções internas do fabricante, ou só melhorando seus reconhecimentos por parte de outros aparelhos (como Players de automóveis, DVD-Players e diversos outros aparelhos portáteis. Em muitas vezes esses não são mais necessários, portanto só ocupando espaço e até atrapalhando. No mais realmente funciona a dica, abraço!

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0