Parabéns Flamengo
0

4 posts neste tópico

Fla vence Vasco nos pênaltis

Thiago Neves marcou o gol da vitória por 3 a 1 na disputa após empate sem gols no tempo normal.

Please login or register to see this image.

Pode comemorar, rubro-negro! Com uma campanha irretocável, o Flamengo venceu o Vasco por 3 a 1 nos pênaltis, depois de um empate sem gols no tempo normal, neste domingo, no Engenhão, e consolidou seu título invicto do Campeonato Carioca. É o 32º caneco do Rubro-Negro, soberano em conquistas do estado.

Foi a terceira vitória rubro-negra em cobranças de penalidades no campeonato (já havia batido Botafogo e Fluminense). Desta vez, Felipe, herói nas outras disputas, apenas viu seus adversários chutarem para fora as cobranças. Bernardo, Fellipe Bastos e Elton erraram pelo Cruz-Maltino. Já o Flamengo, com Renato, Fernando e Thiago Neves - que bateu o pênalti do título - não desperdiçaram.

Com a conquista da Taça Rio, o Flamengo repete o feito do Botafogo no ano passado e levanta o campeonato sem precisar disputar a grande decisão. Assim, o Fluminense acabou ficando com o segundo lugar geral no Estadual. O Vasco terminou em sexto.

Vasco Começa Mais Agressivo

O início do Clássico dos Milhões refletiu a campanha das duas equipes nesta Taça Rio: enquanto o Vasco priorizava as jogadas ofensivas, o Flamengo cadenciava com eficiência a força da defesa e a qualidade no meio de campo. Em suma, extremo equilíbrio.

Como a tônica do jogo previa, as melhores oportunidades foram criadas pela equipe cruz-maltina, mas a boa colocação do goleiro Felipe e a falta de pontaria de Eder Luis, que perdeu um gol feito logo no início da partida.

Mas a muralha da Colina, Fernando Prass, também não ficou para trás. Na única vez em que o Flamengo entrou na área do rival, Bottinelli finalizou de frente para a meta, mas Prass, bem posicionado, salvou o time do Trem-Bala.

Ronaldinho, que foi confirmado apenas horas antes do apito inicial, brigou muito e até criou algumas jogadas. Mas a defesa vascaína, liderada por Dedé, esteve sempre atenta aos passos do craque.

No Gigante da Colina, destaque para o volante Fellipe Bastos, que, além de impecável nos desarmes atrás, foi o ponto de desiquilíbrio com passes precisos.

Clássico Não Sai Do Zero e Decisão Vai Para os Pênaltis

E o segundo tempo conseguiu ser ainda mais truncado que o primeiro. Em meio ao festival de passes errados, duas figuras roubaram a cena. Do lado cruz-maltino, o zagueiro Dedé; do rubro-negro, o volante Willians - ambos fazendo jus à alcunha de "mostro" criada por suas respectivas torcidas.

Em poucos minutos após a volta do intervalo, Bottinelli recebeu falta duvidosa na entrada da área. Ronaldinho pegou a bola e bateu com estilo, mas a Fernando Prass subiu no segundo andar para evitar a vantagem rubro-negra.

Aos 25 minutos, Diego Souza - outra vez, sumido em campo - foi substituído por Bernardo. E o xodó da Colina, que para muitos merecia a vaga de titular, começou colocando fogo no jogo. Logo no seu primeiro lance, ele recebeu bom passe de Eder Luis, cortou o zagueiro e chutou forte, no canto, mas Felipe espalmou para escanteio.

A partir de então, o Vasco readiquiriu o terreno ofensivo, como fizera na primeira etapa. Mesmo assim, não assustava tanto, já que suas principais jogadas (as bolas cruzadas), vinham sendo bem interceptadas pela defesa.

Aos 30 minutos, o inoperante Deivid deu lugar a Wanderley. E o camisa 33, para muitos, um talismã, fez em dois minutos aquilo que o colega não havia feito em 75. Após levantamento, ele ajeitou de calcanhar para Thiago Neves, mas o camisa 7 chutou mal, sem direção.

Dois minutos depois, Fernando Prass, mais uma vez, salvou o Vasco. Em cotnra-ataque três contra dois, Renato bateu cruzado e o camisa 1 cruz-maltino espalmou para escanteio.

No último minuto, o estádio ficou em silêncio. Após cobrança de escanteio, Thiago Neves bateu de primeira, a bola passou por Prass e beliscou a trave cruz-maltina.

Já nos acréscimos, Allan, pelo Vasco, e Willians, pelo Fla, discutiram e foram expulsos, deixando ambas as equipes com dez em campo.

No fim, o placar não saiu do zero e a disputa foi mesmo para os pênaltis.

Vasco Erra Três E Fla é Campão

O Vasco deu início à disputa com Alecsandro, que bateu no meio do gol, mas Felipe não alcançou.

Pelo Flamengo, Renato cobrou no canto oposto do de Prass e empatou a disputa.

O xodó Bernardo, que já havia errado na semifinal, voltou a bater mal, e chutou para fora. Mas Fierro, na sequência, fez o mesmo e tudo seguiu igual.

Chance para o Vasco retomar a vantagem, mas Fellipe Bastos desperdiçou outra para o cruz-maltino, jogando para fora.

Já Fernando, do Flamengo, não hesitou e colocou o Fla em vantagem.

Responsabilidade para Elton, que também e jogou para fora.

O título ficou nas mãos de Thiago Neves, um dos destaques da campanha invicta rubro-negra. E ele cobrou com categoria, consolidando o 32º título carioca do Rubro-Negro.

Posted Image

FICHA TÉCNICA

VASCO 0 (1) X (3) 0 FLAMENGO

Local: Engenhão, Rio de Janeiro (RJ)

Data/Hora: 1/5/2011 - 16h (de Brasília)

Árbitro: Luis Antônio Silva Santos (RJ)

Assistentes: Ediney Guerreiro Mascarenhas e Marco Aurélio dos Santos Pessanha

Público/ renda: pagantes - 33.996; presentes: 39.029/R$1.033.655,00

Cartões amarelos: Bottinelli, Rodrigo Alvim, Deivid, Galhardo (FLA); Alecsandro, Elton, Bernardo (VAS)

Cartão vermelho: Allan (VAS) e Willians (FLA)

Pênaltis: Renato (FLA), Fernando (FLA), Thiago Neves (FLA); Alecsandro (VAS); Erraram: Bernardo (VAS), Fellipe Bastos (VAS), Elton (VAS); Fierro (FLA)

VASCO: Fernando Prass; Allan, Dedé e Anderson Martins, Ramon; Rômulo, Fellipe Bastos, Felipe e Diego Souza (Bernardo, aos 24'/ 2ºT); Eder Luis (Elton, aos 39'/ 2ºT) e Alecsandro. Técnico: Ricardo Gomes.

FLAMENGO: Felipe, Galhardo (Fernando, aos 38'/ 2ºT), Welinton, David, Rodrigo Alvim; Willians, Renato, Bottinelli (Fierro, aos 15'/ 2ºT), Ronaldinho e Thiago Neves; Deivid (Wanderley, aos 30'/ 2ºT). TÉC: Vanderlei Luxemburgo.

Obs: Dedicado ao Nosso Amigo Heitor Luis®.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dedicado a mim, ta certo, ta gastando, infelizmente o flamengo nao ganhou do vasco, o vasco perdeu para ele mesmo, infelizmente para os vascaínos virou rotina, 6 vezes seguidas, de qualquer forma vasco até morrer, nos vemos na Copa do Brasil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Dedicado a mim, ta certo, ta gastando, infelizmente o flamengo nao ganhou do vasco, o vasco perdeu para ele mesmo, infelizmente para os vascaínos virou rotina, 6 vezes seguidas, de qualquer forma vasco até morrer, nos vemos na Copa do Brasil.

pow sr. heitor dá parabens ao fla ahi,nós merecemos.

então até a copa do Brasil.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

rsrsrs comédia demais. o Vasco estar para o Flamengo, assim como meu Fortaleza estar para o Ceará (peia muita rsrsrsrs).

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0