SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Reginaldo SanTana™

Consumidores do RJ poderão pagar conta de água com smartphone

1 post neste tópico

Clientes terão histórico dos últimos 12 pagamentos via celular.

Solução móvel foi desenvolvida pela Unisys.

Please login or register to see this image.

Consumidores da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Estado do Rio de Janeiro (CEDAE) podem pagar suas contas de água usando seus smartphones graças à nova solução desenvolvida pela Unisys.

A Cedae, que fornece serviço de saneamento para cerca de 9 milhões de pessoas no estado do Rio de Janeiro, buscava uma alternativa para oferecer à sua crescente base de clientes a comodidade do pagamento de contas por meio de serviços móveis.

A Unisys criou uma interface para o aplicativo on-line de pagamento da Cedae. Usando seus smartphones, os consumidores poderão acessar uma página segura no site da empresa que fornecerá o código de barras (QRCode) da conta. Leitores ópticos leem os dados da tela do smartphone e processam a transação por meio da rede bancária, sem que o consumidor precise imprimir o recibo, basta mostrar o aparelho para o caixa do banco, supermercado ou lotérica, ou qualquer local onde seja possíveis realizar o pagamento. O aplicativo também permite que os usuários visualizem comprovantes eletrônicos e históricos de pagamentos.

Com este sistema, a Cedae é a primeira empresa de saneamento do país a tornar a conveniência ao consumidor parte da sua estratégia de TI e negócios.

SMS para serviços de emergência será grátis, determina Anatel

Prestadores de serviços públicos e teles terão agora de criar a infraestrutura para garantir o recebimento das mensagens.

Posted Image

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) regulamentou o serviço gratuito de mensagens de texto pelos usuários para serviços de emergência, como para Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. O serviço será similar ao existente atualmente para chamadas de voz, que também é oferecido sem custo.

A medida, que determina a criação desse serviço, foi publicada no Diário Oficial da União de ontem.

De acordo com o regulamento, as operadoras móveis não serão remuneradas pelo envio das mensagens destinadas aos serviços públicos de emergência.

A Anatel criou um grupo de trabalho que vai auxilizar as prestadoras de serviços públicos e as operadoras na definição dos aspectos técnicos e operacionais relacionados ao envio dessas mensagens.

O objetivo é que os órgãos públicos tenham sistemas para garantir o recebimento de SMS, como ocorre hoje com as chamadas de voz. Caberá à Anatel aprovar tais aspectos por meio de ato do Superintendente de Serviços Privados.

Entre os aspectos técnicos e operacionais, poderão constar, entre outros, prazos para implementação, topologia de rede, formas de conexão, requisitos mínimos de qualidade da entrega dessas mensagens e parâmetros de localização do aparelho do usuário remetente da respectiva mensagem.

O novo serviço entrará em operação depois que teles e órgãos públicos estiverem com a infraestrutura pronta.

Crédito: Andrea77

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0