Ir para conteúdo

Seja bem vindo ao Clan GSM visitante

O fórum Clan GSM é o maior fórum de suporte dedicado e totalmente exclusivo para técnicos em manutenção e reparação de Celulares. Para visualizar, baixar e navegar por todo o fórum é necessário um cadastro, no entanto, em nossa comunidade só são aceito técnicos em telefonia móvel seja você iniciante ou avançado.

 

AOS USUÁRIOS NÃO TÉCNICOS: Nos reservamos o direito de não aceitar nenhum cadastro de pessoas que não trabalham em nosso ramo de telefonia, todo cadastro de usuário não técnico será excluído e nenhum posts é respondido.

AOS TÉCNICOS CELULARES: Todos os técnicos em celulares são bem vindos em nossa comunidade, seja você iniciante ou avançado, compartilhe suas dúvidas e experiências no maior fórum para técnicos GSM do Brasil.

 

Clan SOFT - SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

https://www.clansoft.net/

 

Entre para seguir isso  
Wellington Maciel™

Bebidas vão ficar mais caras, afirma setor

Posts Recomendados

Cervejas, refrigerantes e água mineral vão ficar mais caros. Representantes do setor, reunidos nesta quinta-feira no Ministério da Fazenda, tiveram rejeitada uma proposta apresentada ao governo de manutenção dos impostos e admitiram, na saída do encontro, que irão repassar ao consumidor em forma de alta de preços. O aumento deve superar 10%. De acordo com o vice-presidente da AmBev, Milton Seligman, também vice-presidente do Sindicerv (Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja) e da Abir (Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes e Bebidas Não-Alcoólicas), o governo irá reajustar os preços de referência do setor, sobre os quais se aplicam as alíquotas de imposto. "Bebidas terão os preços ajustados de acordo com a inflação. Os dados da tabela não são conhecidos e o repasse, que é natural não é claro até esse momento", afirmou Seligman. Os reajustes já devem ser feitos nos próximos 60 dias. Como não há reajuste dos preços de referência desde janeiro de 2009, o aumento será equivalente à inflação acumulada nesse período. "Nossa reivindicação e a nossa proposta, que já é pública, posta à disposição do governo, é a manutenção dos valores de impostos e, com essa manutenção, o setor se comprometia em investir R$ 7,7 bilhões e a criar 60 mil novos empregos, aumentando a arrecadação em mais de R$ 1 bilhão em relação à base atual de arrecadação federal, só neste ano", afirmou Seligman, sobre a proposta que não foi aceita. Ele disse ainda que não é possível no momento determinar se haverá impacto nos planos de investimento do setor e na geração de empregos. Aos Pingaiada, pode preparar o Bolso kkkk

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Cervejas, refrigerantes e água mineral vão ficar mais caros. Representantes do setor, reunidos nesta quinta-feira no Ministério da Fazenda, tiveram rejeitada uma proposta apresentada ao governo de manutenção dos impostos e admitiram, na saída do encontro, que irão repassar ao consumidor em forma de alta de preços. O aumento deve superar 10%.

De acordo com o vice-presidente da AmBev, Milton Seligman, também vice-presidente do Sindicerv (Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja) e da Abir (Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes e Bebidas Não-Alcoólicas), o governo irá reajustar os preços de referência do setor, sobre os quais se aplicam as alíquotas de imposto.

"Bebidas terão os preços ajustados de acordo com a inflação. Os dados da tabela não são conhecidos e o repasse, que é natural não é claro até esse momento", afirmou Seligman.

Os reajustes já devem ser feitos nos próximos 60 dias. Como não há reajuste dos preços de referência desde janeiro de 2009, o aumento será equivalente à inflação acumulada nesse período.

"Nossa reivindicação e a nossa proposta, que já é pública, posta à disposição do governo, é a manutenção dos valores de impostos e, com essa manutenção, o setor se comprometia em investir R$ 7,7 bilhões e a criar 60 mil novos empregos, aumentando a arrecadação em mais de R$ 1 bilhão em relação à base atual de arrecadação federal, só neste ano", afirmou Seligman, sobre a proposta que não foi aceita.

Ele disse ainda que não é possível no momento determinar se haverá impacto nos planos de investimento do setor e na geração de empregos.

Aos Pingaiada, pode preparar o Bolso kkkk

Isso pode afetar mais de 90% do clan gsm, kkkkkkkkkkkkkk

Significa menos ressacas e mais produtividade.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É... agora o meu Johnny Walker vai ficar manco...

Conteúdo protegido!

    Você precisa efetuar um cadastro para visualizar links, imagens e muitas áreas do fórum.
Vou ter que encarar o Passport

Conteúdo protegido!

    Você precisa efetuar um cadastro para visualizar links, imagens e muitas áreas do fórum.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

É galera, quem gosta de um churrasquinho todos finais de semana pode preparar o bolso!!!

Preço da cerveja deve subir mais de 10% nos próximos dois meses

Brasília - Após uma reunião com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, nesta quinta-feira, representantes das associações das indústrias de bebidas anunciaram que os preços da cerveja, refrigerante e água vão subir mais de 10% nos próximos dois meses. O índice equivale à inflação medida desde o último reajuste dos preços, em janeiro de 2009.

Segundo o vice-presidente do Sindicato Nacional da Indústria da Cerveja (Sindicerv) e da Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes e Bebidas (Abir), Milton Seligman, a contraproposta do setor ao aumento de impostos não foi aceita pelo governo.

"Nenhum aumento de impostos é bem visto. Nossa proposta era que o governo mantivesse os impostos e, em troca, faríamos um investimento de R$ 7,7 bilhões e geraríamos 60 mil novos empregos, gerando uma arrecadação de mais de R$ 1 bilhão para os cofres. Essa proposta não foi aceita", disse Seligma. Segundo o vice-presidente do Sindicerv e da Abir, Mantega disse que, com o fim da crise econômica, "é hora de voltar à vida normal".

Agora Muitos vão ter que fazer umas horas extra pra compra a cerva. rsrsrsrs

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Sorte minha que moro ao lado de um engenho... fazem uns licores muito bons, e claro, uma pinginha do engenho envelhecida 6 anos... 4 reais por 2 litros.

Conteúdo protegido!

    Você precisa efetuar um cadastro para visualizar links, imagens e muitas áreas do fórum.
Fora a Dondoca, que é uma espécie de Jurupinga artesanal...

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!

Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.

Entrar Agora
Entre para seguir isso  



×