Clan SOFT - SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

https://www.clansoft.net/

 

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Reginaldo SanTana™

Mãos à obra Brasil

1 post neste tópico

Posted Image

Desde o dia 11 de Julho de 2010 os olhos do mundo estão voltados para o Brasil. À data mencionada é referente ao dia do término da Copa do Mundo da África do Sul, país onde ficou evidenciado que se não houver uma preparação especial, não só com projetos de infra-estrutura, mas também sociais, o maior evento futebolístico do mundo corre grandes riscos de se tornar um fracasso, ainda mais se levarmos em consideração que o Brasil assim como o país africano apresenta sérios problemas estruturais para receber os milhares de turistas vindos de todas as partes do globo.

O maior problema nessa questão, é que mesmo cientes de que há um longo caminho a ser percorrido para que nosso país esteja à altura de sediar tão magnífico evento, os líderes políticos não parecem ter a mínima pressa com o desenrolar das obras, fato que já incomoda membros ligados à FIFA, como por exemplo, o secretário-geral que fez duras críticas à organização brasileira para os jogos do Mundial. O ex- presidente Luiz Inácio Lula da Silva ficou irritado com as declarações dadas pelo funcionário da instituição máxima do futebol, dizendo que não estão lidando com idiotas. Com todo respeito que tenho por aquele que sem dúvidas foi um dos maiores líderes desse país, mas todos estão sendo realmente levados a crer que se trata de idiotas os que querem sediar a Copa de 2014, pois, como já foi dito, um longo trajeto precisa ser percorrido até que estejamos aptos a realizar esse evento tão importante, mas até o momento nada está sendo feito e a maior parte das obras está atrasada, sem contar que se corre o risco de a cidade mais desenvolvida, considerada a maior da América Latina ficar fora do evento, já que o orçamento previsto pelo São Paulo Futebol Clube para reformar seu estádio não correspondeu ao que se é exigido pela FIFA, além do mais, ninguém tem garantias de que o projeto do Corinthians vá de fato sair do papel.

Essas são apenas algumas das inúmeras carências enfrentadas pelo país e talvez nem cheguem perto do verdadeiro problema. Segundo o próprio presidente da CBF, Ricardo Teixeira a maior dificuldade será encontrada na parte dos aeroportos. Nem é preciso conhecer muito o assunto para perceber as deficiências do Brasil nesse setor, basta lembrar-se da série de caos aéreos que estamos passando nesses últimos anos, com aeroportos cada vez mais lotados e vôos atrasados, fazendo com que milhares de pessoas percam compromissos importantes, entre outras coisas. Na África do Sul, muitos turistas reclamaram dessa questão e inclusive perderam jogos decisivos, mas nem ao menos foram ressarcidos do prejuízo. É por isso que a atenção tem de ser redobrada para que não cometamos os mesmos erros dos sul-africanos.

Antes de dar entrevistas de forma mal-humorada, os organizadores devem começar a trabalhar imediatamente, já que ao contrário do que muitos pensam, há sempre um “plano B”, ou seja, junto com o país escolhido para realizar determinada Copa do Mundo, outro também é eleito de maneira sigilosa e tem a função de assumir o lugar do primeiro escolhido caso este não consiga cumprir com as exigências no prazo estimado. Estipula-se que seja a Inglaterra o plano de escape da FIFA, mas não se tem uma informação concreta.

Pode parecer que 2014 “está logo ali”, mas se pensarmos bem, perto do que ainda precisa ser feito, pode ser que esse tempo seja até muito curto, já que alguns estádios devem estar prontos até 2013, pois haverá, como de costume, a Copa das Confederações.

Analisando todos esses aspectos, é preciso que as autoridades políticas brasileiras tenham a consciência de que se trata do maior evento esportivo do mundo (muitos o consideram maior que as próprias Olimpíadas) e temos que caprichar ao máximo para que tudo saia perfeito, como foi na Alemanha em 2006. Não vamos deixar que os estrangeiros voltem pra seus países de origem após o fim da Copa de 2014, criticando a maneira como foi organizado tal evento, fato que tem acontecido em várias ocasiões após o Mundial da África do Sul. Chega de “jeitinho brasileiro”, é hora de botar tudo o que foi prometido em prática. Vamos fazer desse um evento inesquecível e não permitir em hipótese alguma que aconteça aqui em terras tupiniquins, o mesmo que houve com a Colômbia na preparação para a Copa de 1986, onde o país sul-americano acabou desistindo por não ter condições de realizar os jogos e acabou transferindo para o México a responsabilidade de sediar o evento. Se depender da garra do povo brasileiro essa Copa tem tudo para ser uma das melhores de todos os tempos, principalmente se terminar com a Seleção Canarinha carimbando mais uma estrela no peito. Mãos à obra Brasil !

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites
Visitante
Você está comentando como visitante. Se você tem uma conta, por favor, entre.
Responder

×   Você colou conteúdo com formatação.   Remover formatação

  Only 75 emoticons maximum are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

Entre para seguir isso  
Seguidores 0