SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

www.clansoft.net/dl/

Entre para seguir isso  
Seguidores 0
Reginaldo SanTana™

Opinião: porque 2011 deve ser o ano dos Macs

1 post neste tópico

As vendas dos computadores da Apple crescem três vezes mais do que a taxa global do mercado de PCs

A Apple tem muito a comemorar neste fim de ano. As vendas de Macs estão cada vez mais altas; a estrela do trio de portáteis iPad, iPhone e iPod Touch está brilhando; os Beatles finalmente chegaram ao iTunes; e em algumas semanas a companhia lançará a promissora Mac App Store.

As coisas parecem boas

Isso acontece antes mesmo de olharmos para a participação cada vez maior da fabricante no mercado norte-americano de educação ou considerar a enorme quantidade de produtos da Apple a chegarem às prateleiras para as festas de final de ano.

Todos esses sinais significam que 2011 será “o ano dos Macs”.

Prestígio crescente

Não estou especulando no escuro aqui. Existem evidências suficientes por aí para suportar isso. Se você adicionar as vendas do iPad à mistura saberá que a Apple é a maior fabricante de computadores mundial no momento, e até a Microsoft admite que as vendas de netbooks estão sendo afetadas negativamente pelo tablet da “maçã”.

A Apple revelou há pouco tempo seus números mais recentes de vendas, que confirmam que nos últimos três anos a companhia quase dobrou suas vendas trimestrais de Macs. Nos dias atuais, a companhia de Steve Jobs vende quase tantos computadores em alguns trimestres quanto costumava vender em um ano inteiro.

Isso é mais do que um fenômeno isolado. É um padrão.

Um padrão que uma vez foi previsto para mim pelo analista da Needham & Co, Charles Wolf, que anos antes de o iPhone já sugeria que o sucesso da história do tocador portátil iPod iria se traduzir no sucesso dos Macs.

E o iPhone – e agora o iPad, estão gerando efeitos ainda mais visíveis e atraindo mais usuários de Mac. Nass lojas de varejo da Apple metade dos compradores de Mac é estreante na plataforma.

Em termos de uma plataforma de computação, o Mac é atualmente a solução mais atrativa no mercado, ao menos para consumidores que querem máquinas que “apenas funcionem” (não me entendam mal, eu também gosto de Linux).

Liderando a indústria

A Apple está brilhando. E é isso que Wolf escreve quando nota nesta semana que a companhia está crescendo três vezes mais do que a taxa global de crescimento geral do mercado de PCs.

Isso não significa dizer que a indústria de PCs não esteja registrando crescimento. Ela está. Mas os computadores da Apple estão crescendo de forma mais rápida que o mercado geral. É por isso que a empres subiu para a quarta posição do Top 5 dos maiores fabricantes de computadores dos EUA há alguns meses. E também é por isso que essa escalada irá continuar.

Afinal de contas, por que não deveria? Por anos, os usuários de Mac têm usado o iLife – um pacote integrado de ferramentas para criação de mídia em imagens, música e vídeo. A Microsoft não entregou uma resposta de confiança ao consumidor focado em uma solução até este ano.

Essa é uma lição que as pessoas não esquecem, especialmente após mais um dia em que os sistemas não funcionais baseados em Windows mataram a produtividade em seus locais de trabalho.

Mercado corporativo

Essa tendência agora é visível nos mercados corporativos. Eles não estão apenas adotando iPads e iPhones, mas também Macs. “As remessas de Macs para o mercado empresarial aumentaram 66,3%, em comparação a um crescimento de apenas 8,5% no mercado corporativo geral”, escreve Wolf.

Não apenas as vendas, mas também a receita. A Apple ultrapassou a Microsoft em rendimentos totais no último trimestre encerrado em setembro. Olhe para frente e não é preciso desejar muito para considerar que a companhia de Steve Jobs irá alcançar a IBM no próximo ano e a HP um ano depois disso.

O analista da Pipper Jaffray, Gene Munster, prevê que em dezembro as vendas de Mac aumentarão 24% em comparação ao mesmo período do último ano. E isso não apenas nos Estados Unidos, mas internacionalmente.

Isso significa que a Apple deve vender entre 4,1 e 4,3 milhões de Macs no último trimestre do ano.

No trimestre passado, a companhia de Steve Jobs comercializou 3,89 milhões de unidades no trimestre passado.

Sucesso atrai sucesso

Os jovens de hoje já estão “convertidos”. A Apple é a maior fabricante de PCs no mercado educacional nos EUA. As crianças amam os seus (ou de seus pais) iPhones, iPads e iPod Touchs (meu sobrinho, por exemplo, está sempre “roubando” meu iPhone para jogar “Angry Birds”).

Então a Apple possui um sistema completo – com entusiasmados novos consumidores em fase de crescimento, e usuários, em geral, felizes com suas soluções existentes para seus negócios.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
Entre para seguir isso  
Seguidores 0