tutorial - (Uso do Multimetro)
0

2 posts neste tópico

Muitas pessoas têm a necessidade de utilização de um multímetro pôr não tem idéia de como proceder, neste artigo vou mostrar em uma forma simples de como se utilizar um multímetro para tarefas de medição simples que vão lhe auxiliar em consertos. Será mostrada também a diferença entre Corrente Alternada (AC) e Corrente Continua (DC), Medição de resistores (OHM), Corrente elétrica (Ampere), Continuidade etc.

Começaremos por explicar a diferença que a entre as correntes Alternada e Continua.

Corrente Alternada (AC):

A corrente alternada, ou CA (em inglês AC) é uma corrente elétrica cuja magnitude e direção da corrente varia ciclicamente, ao contrário da corrente contínua cuja direção permanece constante. A forma de onda usual em um circuito de potência CA é senoidal por ser a forma de transmissão de energia mais eficiente. Entretanto, em certas aplicações, diferentes formas de ondas são utilizadas tais como triangular ou ondas quadradas. É aquela que varia com o tempo, geralmente de forma senoidal, repetindo 60 ciclos/s ou 60 Hz (motores, geradores, transformadores, retificadores, instalações elétricas industriais e prediais.

Uma forma mais simples para definir a Corrente Alternada seria:

Corrente alternada, tensão fornecida pela companhia elétrica para sua casa.Você encontra na tomada onde é ligado seus eletrodomésticos etc.

Corrente Continua (DC):

Corrente contínua (CC ou, em inglês, DC) é o fluxo constante e ordenado de elétrons sempre em uma direção. Esse tipo de corrente é gerado por baterias de automóveis ou de motos (6, 12 ou 24V), pequenas baterias (geralmente 9V), pilhas (1,2V e 1,5V), dínamos, etc. Normalmente é utilizada para alimentar aparelhos eletrodomésticos de som e vídeo (entre 1,2V e 24V) e os circuitos digitais de equipamento de informática (Computadores, Modems, Hubs, etc.).

OHM:

O ohm é uma unidade de medida da resistência elétrica. Corresponde à resistência de um condutor quando percorrido por uma corrente de 1 ampere sob uma tensão de 1 volt.

Ampere:

É a intensidade de corrente elétrica constante com o tempo que, fluindo através de dois condutores retilíneos e paralelos, de comprimento infinito e seção circular infinitamente pequena, distanciados de 1 m, produz, entre esses condutores, em cada metro de comprimento, uma força eletrodinâmica.

Multímetros:

O multímetro é o aparelho usado para medir corrente elétrica (DCmA) ou (DCA), tensão contínua (DCV), tensão alternada (ACV) e resistência elétrica (Ω). A função do multímetro pode ser escolhida através da chave seletora localizada abaixo do painel. Existem dois tipos de multímetro: o analógico (de ponteiro) e o digital (de visor de cristal líquido). Cada um tem sua vantagem: o analógico é mais usado para testar componentes como: Transistores, capacitores, resistores etc.Enquanto o digital é melhor para medir tensões; podendo também medir componentes como os analógicos. Abaixo vemos os dois tipos de multímetros citados e funções.

Multímetro Analógico:

Possui um ponteiro no painel para indicar o valor da unidade a ser medida. É menos preciso que o digital na medida de tensões ou resistências, porém é o mais eficiente no teste de componentes eletrônicos. O ideal é que o multímetro analógico tenha a escala de X1 e X10K. Abaixo mostramos um modelo.

Please login or register to see this image.

Exemplo de como utilizar a escala de Tensão continua para uma medição de uma bateria de 9V .

Primeiramente coloque na escala de Tensão continua selecionado sempre uma tensão superior a que será medida.

Escolha na escala 10v ou uma Tensão superior a esta se por ventura o multímetro não a tiver.

Coloque a ponta de prova negativa no contato negativo da bateria e o positivo no positivo.

Posted Image

Abaixo mostra como seria o resultado da medição.

Posted Image

Exemplo de como medir Corrente alternada com um multímetro analógico:

O procedimento para a medida de tensão alternada é muito parecido com a medida de tensão contínua. As escalas são parecidas, a leitura do painel é feita da mesma forma que a função DCV. A diferença é que a tensão alternada não tem polaridade, portanto a posição das pontas de prova não altera em nada a medida. Este teste é feito na rede elétrica ou nos transformadores dos circuitos eletrônicos.

Exemplo para medir corrente elétrica (DC mA OU DCA).

Para este tipo de teste, devemos desligar uma parte do circuito e colocar a ponta vermelha no ponto mais próximo do +B e a preta mais próximo do terra, de tal modo que a corrente do circuito passe por dentro do multímetro. Porém este teste não é realizado em consertos de circuitos, devido à dificuldade de colocação das pontas de prova no circuito e ao fato da corrente do circuito não vir indicada nos esquemas dos circuitos.

Multímetro Digital:

Possui um visor de cristal líquido o qual já indica o valor medido diretamente. Abaixo temos um exemplo deste tipo com as funções indicadas na chave seletora.

Posted Image

Medindo tensão continua:

Coloque a chave na escala DCV mais próxima acima da tensão a ser medida. Ponha a ponta preta no terra ou qualquer outro ponto com potencial mais baixo e a vermelha no ponto de tensão mais alta. A leitura será próxima ao valor indicado.Isto dependerá da precisão no multímetro.

Medição de Tensão alternada:

Coloque a chave na escala ACV mais próxima acima da tensão a ser medida. A maioria dos multímetros digitais só tem duas escalas ACV: até 200 V e até 750 V. Meça a tensão não se importando com a polaridade das pontas. A tensão alternada nos circuitos eletrônicos costuma ser medida na entrada da rede ou nos secundários do transformador de alimentação do mesmo.

Medição de corrente elétrica:

Para usar o amperímetro, coloque a chave seletora na escala mais próxima acima da corrente a ser medida. Para isto é necessário saber qual a corrente que passa pelo circuito. Interrompa uma parte do circuito. Coloque a ponta vermelha no ponto mais próximo da linha de +B e a preta no ponto mais próximo do terra. Em assistência técnica quase não se usa o amperímetro devido a dificuldade da colocação das pontas de prova.

Medição de resistores:

Escolha uma escala do Ohmímetro mais próxima acima do valor do resistor a ser medido (200, 2K, 20K, 200K, 2M, 20M se houver). Meça o componente e a leitura deve estar próxima do seu valor. Este teste pode ser feito com bobinas, fusíveis, chaves, etc.

Uma tabela muito útil para medição de resistores é a do código de cores como mostro abaixo:

Cores 1º anel 2º anel 3º anel 4º anel

1º digito 2ºdigito Multiplicador Tolerância

Prata - - 0,01 10%

Ouro - - 0,1 5%

Preto 0 0 1 -

Marrom 01 01 10 1%

Vermelho 02 02 100 2%

Laranja 03 03 1 000 3%

Amarelo 04 04 10 000 4%

Verde 05 05 100 000 -

Azul 06 06 1 000 000 -

Violeta 07 07 10 000 000-

Cinza 08 08 - -

Branco 09 09 - -

Medição de semicondutores:

Nesta escala poderá medir Diodos e Transistores como mostro abaixo:

Diodos:

Posted Image

Transistores:

Posted Image

Podendo também medir a continuidade de fios pelo teste sonoro para saber se um cabo esta rompido.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Link ser muito ultil .,

Please login or register to see this link.

Compartilhar este post


Link para o post
Compartilhar em outros sites

Crie uma conta ou entre para comentar

Você precisar ser um membro para fazer um comentário

Criar uma conta

Crie uma nova conta em nossa comunidade. É fácil!


Crie uma nova conta

Entrar

Já tem uma conta? Faça o login.


Entrar Agora
0