Ir para conteúdo

Seja bem vindo ao Clan GSM visitante

O fórum Clan GSM é o maior fórum de suporte dedicado e totalmente exclusivo para técnicos em manutenção e reparação de Celulares. Para visualizar, baixar e navegar por todo o fórum é necessário um cadastro, no entanto, em nossa comunidade só são aceito técnicos em telefonia móvel seja você iniciante ou avançado.

 

AOS USUÁRIOS NÃO TÉCNICOS: Nos reservamos o direito de não aceitar nenhum cadastro de pessoas que não trabalham em nosso ramo de telefonia, todo cadastro de usuário não técnico será excluído e nenhum posts é respondido.

AOS TÉCNICOS CELULARES: Todos os técnicos em celulares são bem vindos em nossa comunidade, seja você iniciante ou avançado, compartilhe suas dúvidas e experiências no maior fórum para técnicos GSM do Brasil.

 

Clan SOFT - SERVIDOR DE DOWNLOADS PARA TÉCNICOS!

É técnico? Então você precisa estar atualizado com um serviço de downloads exclusivo e profissional. O Clan SOFT é essencial para técnicos que não tem tempo para ficar procurando firmwares, softwares e procedimentos pela internet, como você.

https://www.clansoft.net/

 

Reginaldo SanTana™

Membro VIP
  • Total de itens

    7.587
  • Registro em

  • Última visita

  • Dias Ganhos

    7

Reginaldo SanTana™ venceu a última vez em Janeiro 18 2017

Reginaldo SanTana™ had the most liked content!

Sobre Reginaldo SanTana™

  • Rank
    →» RR Celulares™
  • Data de Nascimento 10-07-1983

Informações do Perfil

  • Sexo
    Male
  • Local:
    Ouroeste-Sp
  • Local de Trabalho
    RR Celulares
  • Trabalho atual
    Técnico Telefonia Celular

Últimos Visitantes

8.928 visualizações
  1. Com o lançamento do iPhone X, vimos rumores de que o borderless poderia trazer um sistema de baterias combinadas em formato de "L" se concretizando, algo que muitos pensavam ser improvável. O novo formato de bateria foi possível apenas por causa de mudanças internas na placa-mãe, que possibilitaram que um dispositivo fisicamente menor do que o iPhone 8 Plusconseguisse trazer ainda mais mAh na bateria do que ele (são 2675 mAh vs. 2716 mAh). Aparentemente, no sucessor do iPhone X a Apple deverá utilizar uma bateria completa em formato de L (não mais duas células combinadas), o que acabaria dispensando a necessidade de uso de um 'separador', tornando o dispositivo mais leve e aumentando a capacidade geral do módulo para 3000 mAh (ou mais, no caso de um possível modelo Plus). Sucessor do iPhone X traria célula única em formato de 'L' em vez de duas combinadas Os últimos rumores vindos da China corroboram uma parceria entre a Apple e LG para a fabricação de tais módulos, que seriam produzidos em um complexo em Nanjing, dedicado exclusivamente ao processo envolvendo esse tipo de hardware. A fonte informa que, atualmente, a Apple está analisando e inspecionando as instalações para, só então, liberar a produção em massa das baterias 'em L' de alta capacidade, que deverão ser colocadas no iPhone Xs e no Xs Plus (ou como a maçã decidir chamá-los).
  2. A Apple acaba de anunciar que a próxima versão do iOS, 11.3, habilitará a localização avançada do celular (Advanced Mobile Location, ou simplesmente AML), que envia automaticamente sua localização para serviços de emergência - ao menos em países que suportam a tecnologia. Esse é um anúncio bastante positivo, já que anteriormente a Apple esteve relutante em habilitar o recurso. A empresa ignorou os pedidos para habilitar a AML e não respondeu às perguntas da imprensa sobre essa questão. O Google o ativou o serviço no Android em julho de 2016. Para a European Emergency Number Association (EENA), uma organização que trabalha para que empresas de tecnologia e governos adotem a AML, "esta é uma grande notícia para a segurança das pessoas", A entidade não tinha conhecimento sobre os planos da Apple, mas seu diretor executivo, Gary Machado, disse ao site The Next Web que estava feliz com o anúncio. De acordo com um estudo apontado pelo The Next Web, se a AML fosse adotada em todos os lugares da União Europeia, por exemplo, poderia salvar mais de 7.500 vidas e 95 bilhões de euros em 10 anos. A melhor característica da AML é que não requer nenhum esforço por parte do usuário. Ele apenas é automaticamente ativado quando você faz uma chamada de emergência, acionando o GNSS (global navigation satellite system), Wi-Fi e enviando SMS para números de emergência detalhando a localização. Esse recurso chega a ser até 4 mil vezes mais eficiente do que outros sistemas adotados anteriormente, e pode apontar até mesmo localizações como, por exemplo, um quarto dentro de um apartamento localizado em um prédio específico na cidade. Curtir - 0 Tweet - 0 0
  3. No fim do ano passado, a operadora Vivo anunciou algumas novidades para os assinantes do plano pós-pago Vivo Família. A principal delas era o Double Play que consiste na adição de um bônus de internet para que os clientes possam usar com aplicativos de streaming como o Spotify e o Vivo Música. Agora, a Vivo comunica que adicionou o Netflix ao catálogo do Double Play. Com isso, a operadora "reforça a estratégia de que apenas na Vivo os clientes têm ferramentas para fazer o melhor uso da internet" . Para quem não se lembra, o Double Play dá bônus automático aos clientes para usar em apps selecionados de música e vídeo. Por exemplo: quem tem um plano Vivo Família 10GB ganha automaticamente 10GB adicionais para usar exclusivamente com apps selecionados de vídeo e música, sem consumir sua cota mensal. Se o usuário consumir toda a internet Double Play, pode acessar normalmente esses apps, usando a internet mensal de seu plano. O acompanhamento da utilização do pacote pode ser feito por meio do aplicativo Meu Vivo que apresenta de forma discriminada o saldo do Double Play. A Vivo ressalta que esse benefício pode ser utilizado pelo titular e seus dependentes. Vale lembrar que a operadora também anunciou nesta semana que ampliou a sua cobertura de fibra para mais cidades de São Paulo.
  4. A operadora Oi comunicou nesta semana que pretende lançar ainda neste ano um sistema de controle completo de ativação e monitoramento de assinaturas de serviços de valor agregado (SVAs) dentro do aplicativo minha Oi. Com a iniciativa, a operadora espera acompanhar com mais transparência a experiência de seus clientes com SVAs, ou seja, produtos oferecidos paralelamente aos planos como assinaturas de serviços. Desta forma, por meio do aplicativo será possível contratar um novo serviço ou até cancelá-lo sem a necessidade de ligar em um call center. Algo que ainda não existe no mercado de telefonia brasileiro. Em paralelo, a operadora também afirma que está enxugando a quantidade de SVAs ofertados aos seus clientes tendo como pilares: educação, saúde, entretenimento e serviços. Com isso, a meta da operadora é reduzir de 146 para 100 SVAs até o fim de 2018. Roberto Guenzburger, diretor de produtos, mobilidade e conteúdo da Oi, explica que a iniciativa reflete na queda do número de reclamações registrado no ano de 2017: Ele também explica que a operadora está procurando formas de fazer uma revalidação de ofertas para clientes que compraram muitos SVAs: Guenzburger explica que o plano Oi Livre contribui para que os consumidores acabem não contratando serviços desnecessários porque o plano converte toda recarga em saldo de minutos e dados automaticamente. Ele explica: Isso, de certa forma, obriga o consumidor a colocar saldo em sua linha para poder contratar um SVA. Vale lembrar que a Oi e outras operadoras brasileiras divulgaram na semana passada um plano para reduzir a quantidade de reclamações na Anatel.
  5. A operadora TIM comunicou nesta semana que foi a empresa de telefonia que conseguiu a maior redução de reclamações sobre serviços de valor adicionado (SVAs) no ano de 2017. Mesmo assim, a operadora continua liderando o ranking de reclamações com 22.488 registradas no ano de 2017. Com esses dados nada positivos, a TIM aproveitou a oportunidade para comunicar que vai mudar a forma de comunicação para diminuir as dúvidas de seus clientes e fortalecer canais de atendimento digital. As iniciativas da operadora buscam fazer uma mudança na comunicação dos serviços focando no atendimento digital para diminuir as reclamações e esclarecer as dúvidas dos clientes. Confira a nota divulgada pela operadora: Com isso, a empresa garante que em 2018 vai manter seu compromisso de priorizar a satisfação do cliente trazendo melhorias: Cabe ressaltar que TIM faz parte do Mobile Ecosystem Forum, entidade mundial que é referência em boas práticas no setor de conteúdo móvel e que a operadora já comunicou que vai investir em Bots de atendimento. Recentemente, ela e outras operadoras também anunciaram que vão fazer um plano de ação para reduzir o número de reclamações em 2018. Curtir - 0 Tweet - 0
  6. Em meio a diversos vazamentos, incluindo o Moto E5, a linha de 2018 da Motorola parece ter finalmente dado as caras na web. Diversos renders publicados no Slashleaks mostram não só três novos dispositivos da marca, o Moto G6, Moto X5 e Moto Z3 Play, como também exibem um dos primeiros novos Moto Mods para a linha 'Moto Z', com conectividade 5G. Moto G6 O Moto G6 deve chegar ao mercado com um design similar ao que conhecemos no Moto X4, trazendo a parte traseira em vidro (ao contrário da de metal usada no Moto G5). O modelo deve contar com um display de 5.7" Full HD (com aspecto 18:9 e bordas reduzidas), sensor dual-cam na parte traseira (12 + 5MP), módulo de 16MP na frontal, e leitor de impressões digitais na parte frontal. Em relação ao processador, podemos esperar um Snapdragon 430 com 3 ou 4GB de RAM e 32 ou 64GB de armazenamento interno. O módulo de bateria pode ter capacidade de 3000 mAh. Moto G6 Plus Para o G6 Plus, teríamos especificações similares, com exceção do processador, que incorporaria um Snapdragon 630, display que seria ligeiramente maior, com 5,93", bem como a bateria, que traria 3200 mAh. Moto G6 Play O G6 Play contaria com uma tela do mesmo tamanho do G6, porém, teria seu leitor de digitais movido para a parte traseira (logo abaixo da câmera), com bateria ligeiramente maior, de 4000 mAh. Moto X5 O Moto X5 seria o mais novo integrante da série 'Moto X', que em 2017 voltou com força total com o lançamento do Moto X4, um dispositivo com Android One. Ele talvez seja um dos lançamentos mais interessantes para esse ano, devido ao seu formato 'borderless', algo que imediatamente se destaca na renderização. Outro detalhe que pode ser percebido facilmente fica por conta do 'entalhe' a lá iPhone X, que acomodará a dual-cam frontal, bem como um alto-falante. Mas do contrário da Apple, a Motorola optou por uma barra de status escura, para tentar 'disfarçar' a presença de tal elemento. Na parte inferior vemos uma borda pequena, mas não tão mínima quanto a do borderless da Apple. O elemento de software localizado na parte inferior sugere que o portátil poderá ser operado com gestos; apesar de não estar tão claro na imagem, pode ser que o leitor de digitais esteja embutido no logo, na parte traseira, abaixo dos sensores de câmera. Moto Z3 Play O Z3 deve estrear no mercado com o novo top de linha da Motorola, trazendo consigo a variante Z3 Play e mais uma outra (que ainda não teve o nome revelado). Tanto o Z3 quanto o Z3 Play trarão telas de 6" Full HD+ com aspecto 18:9 e bordas curvas. A terceira variante poderá trazer uma tela com ainda mais resolução, e ser equipada com Snapdragon 845; não há sinais da presença de um leitor de impressões digitais, o que pode nos levar a três especulações: A Motorola removerá o leitor de digitais confiando-se apenas em leitura facial O leitor será posicionado no botão lateral de liga/desliga/sleep (como ocorre em alguns modelos de outras marcas) O leitor será posicionado abaixo da tela Assim como o Moto X5, o Z3 e Z3 Play devem contar com uma dual-cam frontal, bem como uma traseira; e a presença do elemento de software na parte inferior também sugere o uso de gestos para operação do software. Moto Mod 5G O Moto Z3 chegaria ao mercado trazendo consigo outro importante lançamento para a linha de Moto Mods; trata-se de um módulo capaz de conectar-se à redes 5g. Levando em consideração a quantidade de vazamentos, é quase certo afirmar que conheceremos esses dispositivos (e talvez muito mais) durante a MWC 2018, portanto, fiquem ligados!
  7. Cobertura ampliada: Vivo Fibra chega a mais uma cidade de São Paulo

    A Vivo lançou, nesta segunda-feira, o serviço de fibra óptica em mais uma cidade do interior paulista. A partir de agora, o município de São Carlos conta com planos de internet que podem chegar a 300 Mega. A princípio, a oferta de serviços irá atuar em 42 bairros, área correspondente a 77 domicílios e 10 mil empresas. Além da internet, a Vivo Fibra também dispõe do serviço de TV por assinatura e telefonia fixa. Nos combos residenciais, o assinante ainda ganhará o dobro de velocidade de conexão por 12 meses. O usuário também receberá bônus adicional de internet móvel que pode chegar a até 10 gigas, todo mês, nos planos Controle e Pós-Pago. Imagem: Reprodução No caso dos planos empresariais, no lançamento em São Carlos, clientes corporativos terão disponíveis pacotes promocionais. Na portabilidade do plano empresarial com velocidade de 50 Mega de internet e plano de voz Ilimitado Nacional, a mensalidade sai por R$ 179,88/mês. O plano para empresas ainda inclui serviço Vivo Cloud Backup Premium com capacidade de 1 Terabyte, armazenamento e compartilhamento de informações com segurança no Datacenter da Vivo. Cobertura A Vivo Fibra chega aos seguintes bairros da cidade: Jardim Cardinalli, Jardim Gibertoni, Jardim Nossa Senhora Aparecida, Jardim Paulista, Jardim São João Batista, Parque Primavera, Parque Sabará, Portal do Sol, Vila Brasília, Vila Costa do Sol, Vila Faria, Vila Prado, Vila Rancho Velho, Vila Vista Alegre, Azulville I e II, Centro, Jardim Botafogo I, Jardim Hikare, Jardim Macarengo, Jardim Maracanã, Jardim Mercedes, Jardim Nova São Carlos, Jardim Pacaembu, Jardim Paraíso, Jardim Paulistano, Jardim Ricetti, Jardim São Paulo, Núcleo Residencial Castelo Branco, Parque Arnold Schimidt, Parque Delta, Parque Santa Monica, Vila Boa Vista I, Vila Irene e Vila Izabel. No dia 31 de janeiro, o serviço de fibra da operadora será disponibilizado em mais bairros: Jardim Alvorada, Jardim Bandeirantes, Jardim Centenário, Parque Santa Felícia Jardim, Parque Santa Marta e Planalto Paraíso. Vale lembrar que, no final do ano passado, a Vivo havia implantado a fibra óptica em Teresina (PI), no mês de dezembro, e em Pouso Alegre (MG) e Petrolina (PE), no começo de novembro.
  8. O Galaxy S9 é um dos smartphones mais esperados do momento, sendo que ele chegará ao mercado em breve. Ele já passou por diversas agências de regulamentação, incluindo o FCC, dos Estados Unidos. Agora, também foi divulgado que a bateria do Galaxy S9 passou por certificação na Anatel, tendo seu tamanho revelado. De acordo com o que foi revelado pela certificação da Anatel, o Galaxy S9 será devidamente anunciado com uma bateria de 3.000 mAh. Isso significa que o próximo top de linha da companhia terá uma bateria com o mesmo tamanho da presente no Galaxy S8 e menor do que a do Galaxy Note 8. Isso pode decepcionar os usuários que esperavam uma autonomia melhor. Além de mostrar que o Galaxy S9 contará com uma bateria de 3.000 mAh, essa certificação também mostra que agora ela possui permissão para ser utilizada em smartphones compatíveis, que no caso é o próximo top de linha da companhia. Agora, tudo o que resta é esperar pelo pronunciamento oficial da companhia. Especificações técnicas Tela Super AMOLED com resolução Quad HD+ (2880 x 1440 pixels). Chipset Qualcomm Snapdragon 845 ou Samsung Exynos 9810 (dependendo do mercado) 4/6 GB de RAM 64/128/256/512 GB de armazenamento Entrada para cartão microSD Uma câmera traseira no Galaxy S9 Duas câmeras traseiras no Galaxy S9+ Leitor de impressões digitais e de íris Certificação IP68 contra água e poeira Bateria de 3.000 mAh Android Oreo sob a interface da Samsung como sistema operacional A própria Samsung já confirmou que o Galaxy S9 será devidamente anunciado durante um dos maiores eventos de tecnologia do mundo, a MWC 2018, que acontecerá no final de fevereiro. Entretanto, ainda não se sabe quando ele começará a ser vendido de forma oficial e nem o preço que será cobrado por ele, o que só deve ser divulgado durante a apresentação
  9. Praticamente sem mais nenhuma novidade empolgante a respeito do Galaxy S9 e do Galaxy S9+ devido aos inúmeros vazamentos, desta vez os modelos mais poderosos da linha Galaxy recebem o aguardado certificado do FCC, a Anatel dos EUA. Com código de modelo SM-G960U para o Galaxy S9 e SM-G965U para o Galaxy S9+, estas são as versões que serão comercializadas dentro do próprio Estados Unidos. O registro aponta que os dispositivos contarão com as redes CDMA, GSM, UMTS e 4G LTE, com também as próprias redes da AT&T, Sprint, T-Mobile e Verizon presentes nos documentos. Largura de banda e frequências utilizadas pelos Galaxy S9 e S9+ (imagem: reprodução) Como esperado, o FCC ordena que o código de registro seja gravado na própria carcaça do smartphone, na parte de fora, não em compartimentos como bateria e processador. Com isso, aqueles que comprarem o modelo estadunidense, verão a marca FCC na parte de baixo da traseira do dispositivo. Como já informamos dezenas de vezes devido aos constantes e incansáveis vazamentos a respeito do novo dispositivo da Samsung, o S9 e S9+ devem chegar ao mercado com basicamente o mesmo design dos modelos de 2017: tela sem bordas no padrão 18,5:9, resolução QHD+ e tecnologia Super AMOLED, além de câmeras mais poderosas que podem gravar em até 1.000 fps. Nos Estados Unidos, os aparelhos devem chegar com uma variante exclusiva com processador Snapdragon 845, enquanto em todo o resto do mundo a Samsung vai disponibilizar a variante com seu próprio chipset, o Exynos 9810. Conforme a gigante sul-coreana já confirmou, o Galaxy S9 e S9+ serão anunciados durante a Mobile World Congress deste ano, que acontece já no próximo mês entre os dias 26 de fevereiro e 1º de março. Especificações Tela Super AMOLED com resolução Quad HD+ (2880 x 1440 pixels). Chipset Qualcomm Snapdragon 845 ou Samsung Exynos 9810 (dependendo do mercado) 4/6 GB de RAM 64/128/256/512 GB de armazenamento com slot para cartão microSD Uma câmera traseira no Galaxy S9 Duas câmeras traseiras no Galaxy S9+ Leitor de impressões digitais e de íris Certificação IP68 contra água e poeira Android Oreo sob a interface da Samsung como sistema operacional
  10. Um dos smartphones intermediários mais esperados para o começo do ano que vem é o Galaxy A7 2018, que chegará com diversas mudanças bastante interessantes como tela infinita e poderoso hardware. Agora, após alguns rumores, o Galaxy A7 2018 surgiu em um teste do Geekbench e teve algumas de suas especificações técnicas reveladas. De acordo com o que foi revelado por esta nova aparição no Geekbench, o Galaxy A7 2018 é esperado para chegar ao mercado com o novíssimo chipset Exynos 7885, que possui oito núcleos núcleos de processamento e é fabricado em 14nm, o que garante o bom desempenho tanto em velocidade para abrir aplicativos quanto em bateria. Para o chipset nós teremos a seguinte configuração: dois núcleos A73 e outros seis núcleos A53. A GPU será a Mali-G71, que já equipa smartphones como o Xiaomi Mi 6C e o Huawei Mate 9 Pro. Este chipset Exynos 7885 também é esperado para estar presente no Galaxy A5 2018, que será a versão menor do Galaxy A7 2018. Imagem Galaxy A7 2018 Além do chipset melhorado, a Samsung também parece estar preparando a inclusão de 6 GB de memória RAM no Galaxy A7 2018, o que será uma grande novidade caso se torne realidade. Isso porque, atualmente, apenas alguns aparelhos da companhia dispõem de 6 GB de memória RAM, como o Galaxy Note 8 e uma versão do Galaxy S8 Plus na China. Outro ponto que merece destaque na listagem no Geekbench, é que o Galaxy A7 2018 surge com o Android 7.1.1 Nougat, sendo que a Google já liberou o Android 8.0 Oreo. Isso deve desanimar os usuários que esperavam por uma versão mais atualizada do sistema, porém é certo que a Samsung irá lançar a atualização no futuro. Infelizmente, ainda não há qualquer informação sobre quando a Samsung pretende lançar este novo smartphone no mercado, porém levando em consideração o cronograma da companhia no passado, é provável que o Galaxy A5 2018 seja devidamente lançado logo no começo do ano que vem, possivelmente durante a CES 2018.
  11. Vivo planeja oferecer 4G a 75% da população brasileira ainda este ano

    A Vivo chegou a ficar para trás das concorrentes TIM e Claro na cobertura da banda larga móvel 4G. Mas o crescimento apresenta um ritmo bom, e, em setembro, a companhia já oferecia o serviço em 1.750 cidades brasileiras. E, se tudo der certo, a operadora deve dobrar o número de cidades em que utiliza a frequência 700MHz ainda em novembro e, dessa forma, deve fechar 2017 com oferta do serviço a três quartos da população brasileira, de acordo com o COO, Christian Gebara. Gebara lembrou da impossibilidade de transmitir voz via LTE, a menos que seja adicionado o plugin VoLTE à rede. Por isso a preocupação em oferecer, também, o 3G nos mesmos locais, de modo que o cliente possa fazer ligações de voz via WhatsApp, Skype e outros apps que usam a banda larga móvel para isso. Pelo planejamento, a Vivo vai passar de 199 cidades onde opera o 4G na frequência 700MHz para 400 ainda em novembro. Não foi divulgada uma lista das cidades a serem contempladas. Além disso, até o fim do ano, 96 cidades usarão a tecnologia de agregação de portadoras, o 4G+. Quanto ao plano da operadora para atrair clientes e aumentar a renda, a Vivo pretende seguir com a estratégia de buscar mais assinantes para os planos pós-pagos. A base, que há um ano era de 44,2%, hoje chega a 47,8% de usuários que pagam uma assinatura todo mês. Esse aumento se deve, especialmente, à fidelidade obtida com os plaons família. Além de expandir os serviços de banda larga 4G, a Vivo também vai mudar sua estratégia de oferta de TV por assinatura. Gebara explicou que a ideia agora é levar o serviço via FTTH (fibra até a casa) em todas as cidades nas quais oferece a banda larga por fibra ótica. Mais fibra ótica
  12. A Apple finalmente deu um fim aos inúmeros rumores sobre seus novos smartphones, apresentando oficialmente na tarde deste dia 12 de setembro os flagships iPhone 8 e iPhone 8 Plus. Ambos contam com mudanças pontuais para não ofuscar o lançamento do iPhone X Edition, mas isso não faz deles opções ruins, sendo capazes de brigar sem qualquer problema com outros modelos topo de linha apresentados em 2017. Design Começando pelo design, temos tanto iPhone 8 quanto iPhone 8 Plus bem similares aos modelos lançados em 2016, sendo a parte frontal virtualmente idêntica enquanto a parte traseira passou por algumas mudanças pontuais. A principal novidade aqui fica o acabamento em vidro na parte traseira, indo ao encontro do que a Samsung e várias outras companhias vêm adotando em seus flagships. Temos agora três opções de cores: ouro rosé, cinza espacial e prata, sendo o cinza espacial o único a contar com a parte frontal em preto, enquanto as demais tonalidades possuem o painel frontal em branco. Tela Ao contrário do que aconteceu com o iPhone X Edition, os modelos "tradicionais" mantiveram um painel IPS LCD, sendo o iPhone 8 dono de uma tela de 4,7 polegadas enquanto o iPhone 8 Plus conta com diagonal de 5,5 polegadas. As resoluções também foram mantidas, talvez buscando facilitar a vida dos desenvolvedores que já precisarão se desdobrar para adaptar seus aplicativos e jogos para o display do modelo especial. Hardware e Software A Apple resolveu incluir seu novo chipset A11 Bionic em todos os smartphones apresentados, variando provavelmente apenas na quantidade de RAM e em algumas otimizações realizadas na edição especial. Por isso, espere por um desempenho extremamente fluido tanto no iPhone 8 quanto no iPhone 8 Plus, já que o novo componente traz mais núcleos de processamento e também uma GPU atualizada, além de ser mais eficiente energeticamente. iPhone 8 Tela IPS LCD de 4,7 polegadas com resolução HD (750 x 1334 pixels) Chipset Apple A11 Bionic 64-bit Hexa-Core, sendo dois núcleos Mosoon e quatro Mistral 3 GB de RAM 64, 128 ou 256 GB de espaço para o armazenamento interno Câmera principal de 12 megapixels Câmera frontal de 7 megapixels Leitor de impressões digitais Certificação IP67 contra danos por água e poeira Sistema operacional iOS 11 iPhone 8 Plus Tela IPS LCD de 5,5 polegadas com resolução Full HD (1080 x 1920 pixels) Chipset Apple A11 Bionic 64-bit Hexa-Core, sendo dois núcleos Mosoon e quatro Mistral 3 GB de RAM 64, 128 ou 256 GB de espaço para o armazenamento interno Câmera principal dupla de 12 megapixels (f/1.8)+ 12 megapixels (f/2.8) Câmera frontal de 7 megapixels Leitor de impressões digitais Certificação IP67 contra danos por água e poeira Sistema operacional iOS 11 Na parte de software, temos muitas novidades importantes chegando com o iOS 11, que vão desde o uso de realidade aumentada em conjunto com a câmera até uma Siri muito mais inteligente e proativa, que faz uso de inteligência computacional avançada para saber exatamente como ajudar os usuários nas mais variadas situações. Câmera Este provavelmente é o ponto onde usuários do iPhone 7 ou anteriores mais sentirão diferença ao realizar o upgrade para o iPhone 8, principalmente se você está acostumado a gravar vídeos e quer elevar ainda mais a qualidade. De acordo com a empresa, tanto o iPhone 8 quanto o iPhone 8 Plus serão capazes de tirar ótimas fotos nos mais variados ambientes, ficando a grande novidade para a possibilidade de gravação de vídeos em até 4K a 60 fps ou Full HD a 240 fps em câmera lenta, algo até então inédito em dispositivos móveis e que é difícil de ser encontrado até mesmo em câmeras profissionais que custam alguns milhares de dólares. Ainda precisamos aguardar por testes mais aprofundados para saber até que ponto os novos sensores realmente entregam o que prometem, mas certamente podemos esperar por uma evolução considerável para os modelos de 2016. Na parte das selfies tivemos uma evolução mais discreta, sendo mantida a mesma resolução mas agora com possibilidade de gravar vídeos em 4K, mesmo que com taxa de quadros inferior ao que temos na câmera traseira. Preço e disponibilidade Em desenvolvimento... Curtir - 1
  13. O Ultimate Game Sale segue rolando a todo vapor na Xbox Live, mas iniciando julho no melhor estilo a Microsoft mostra que as boas novas para os jogadores do time verde não deve ter fim! Mesmo com a torrente de mais de 300 títulos em promoção por tempo limitado, a companhia acaba de liberar a lista atualizada com as primeiras Deals with Gold de julho, que como já era previsto chegam relativamente mais modestas por sua vez. Os destaque nestas ofertas semanais ficam por conta da série Dragon Ball Xenoverse com até 70% de desconto no Xbox One e 360, além de ótimos joguinhos indies para quem está em busca de Gamerscore. As promoções desta semana – incluindo as ofertas do Ultimate Game Sale – são válidas até o dia 10 de julho exclusivamente para assinantes do serviço premium do Xbox – que também já podem baixar os primeiros jogos gratuitos do mês nos Games with Gold. Tenha em mente que todos os games grátis do Xbox 360 são adicionados automaticamente na biblioteca de retrocompatíveis do One. Confira a lista completa a seguir e prepare a carteira para aproveitar todos os descontos que quiser porque a contagem regressiva para o fim das ofertas semanais já começou – Boa jogatina para todos! Consoles e acessórios Xbox One 500GB + Assassin's Creed Unity - R$ 1.499 Xbox 360 Slim 4GB - R$ 699 Controle Xbox One sem fio original Microsoft - R$ 244 Controle Xbox 360 sem fio original Microsoft - R$ 159 HD interno 500GB para Xbox 360 Slim - R$ 227 Kit Play and Charge para Xbox One - R$ 137 Headset Gamer para Xbox One / Xbox 360 - R$ 296 Ofertas de games nas lojas! Xbox One The Division - R$ 89 Far Cry 4 - R$ 89 Battleborn - R$ 75 Rare Replay - R$ 69 Homefront: The Revolution - R$ 69 Xbox 360 FIFA 16 - R$ 85 Far Cry 4 - R$ 85 Injustice Ultimate Edition - R$ 71 Halo 4 Edição Jogo do Ano - R$ 93 GTA V - R$ 116 Xbox One - Deals with Gold Arslan: The Warriors Of Legend - Disponível apenas na Live americana por US$ 30,00 - desconto de 50% Attack on Titan - R$ 114,50 - desconto de 50% Beyond Eyes - R$ 6,25 - desconto de 75% Color Symphony 2 - R$ 9,50 - desconto de 50% Dragon Ball Xenoverse - R$ 44,70 - desconto de 70% Dragon Ball Xenoverse Season Pass - R$ 59,40 - desconto de 70% Dragon Ball Xenoverse 2 - R$ 150,00 - desconto de 40% Dragon Ball Xenoverse 2 Deluxe Edition - R$ 175,00 - desconto de 50% Dragon Ball Xenoverse Super Bundle - R$ 209,40 - desconto de 40% Enigmatis 2: The Mists of Ravenwood - R$ 20,30 - desconto de 30% Kung-Fu for Kinect - R$ 19,50 - desconto de 50% Super Night Riders - R$ 7,90 - desctono de 50% Syberia 3 - R$ 69,30 - desconto de 30% Uncanny Valley - R$ 12,50 - desconto de 50% Use Your Words - R$ 9,57 - desconto de 67% Xbox 360 DBX Xenoverse - R$ 53,70 - desconto de 70% DBZ Budokai HD Collection - Disponível apenas na Live americana por US$ 7,49 - desconto de 75% Dragon Ball Z Ultimate Tenkaichi - Disponível apenas na Live americana por US$ 7,49 - desconto de 75% Worms 2: Armageddon - R$ 2,50 - desconto de 75% Worms Revolution - Disponível apenas na Live americana por US$ 2,49 - desconto de 75% Worms: Ultimate Mayhem - R$ 5,00 - desconto de 75% Warriors Orochi - Disponível apenas na Live americana por US$ 8,99 - desconto de 70% Warriors Orochi 2 - Disponível apenas na Live americana por US$ 8,99 - desconto de 70%
  14. Essa semana começou com a conferência WWDC, na qual a Apple anunciou algumas novidades em dispositivos e oficializou o iOS 11, cujo primeiro beta para desenvolvedores já está disponível. No evento, várias novidades foram mostradas, mas algumas ficaram de fora dos destaques. O TudoCelular já falou de algumas delas por aqui. Por exemplo, citamos brevemente que a nova Central de Controle será personalizável. Ou seja, o usuário poderá selecionar atalhos a serem mostrados na tela, dentro de uma lista preestabelecida. Falamos, também, sobre o recurso que apaga apps não usados automaticamente, liberando espaço no dispositivo para dados mais importantes, que sejam mais utilizados. Outro recurso mencionado aqui que não foi mostrado pela Apple é o modo noturno. Adicionalmente, mostramos aqui 11 recursos transportados da comunidade Jailbreak. Mas ainda tem mais. Abaixo, elencamos os principais recursos não mencionados. Alguns já foram listados na matéria sobre aqueles que foram trazidos da comunidade Jailbreak, e outros já foram mencionados em outras matérias. Mas aqui fica tudo junto em um só lugar, para você compartilhar com os amigos. Veja a seguir: Sugestões de armazenamento Para quem se pega sem espaço de armazenamento no dispositivo móvel, poderá usar um recurso nativo do iOS que sugere apps que estejam consumindo muito espaço e o que, dentro deles, está causando mais impacto na ocupação da memória. Por exemplo, a sugestão vai mostrar quais conversas do iMessage estão ocupando mais espaço. Aí, você pode decidir se apaga esses arquivos, e pode fazer uma limpeza mais precisa, sem precisar se desfazer de arquivos úteis. Gravação de tela Um dos recursos “importados” da comunidade Jailbreak, esse recurso permite que você grave o que está vendo em sua tela. Com isso, poderá fazer vídeos para mostrar erros, por exemplo. Ou como você quebra recordes em um jogo. E tudo isso a um toque de distância, pois poderá ser adicionado na Central de Controle. Economia de energia mais prática Outro recurso que você poderá incluir na Central de Controle é a ativação ou desativação da economia de energia. Com o acesso mais rápido, você terá menos passos para programar o dispositivo para gastar menos bateria. Mover mais de um app por vez O iOS 11 vai permitir que você mova mais de um aplicativo por vez para organizar seus ícones muito mais rápido. Teclado em uma mão Um recurso que facilita o uso com uma só mão, já que as telas do iPhone cresceram e só o SE tem só 4 polegadas atualmente. No iOS 11, o usuário pode escolher se quer diminuir o tamanho do teclado e jogá-lo para a esquerda ou para a direita, facilitando o uso com uma mão, seja você destro ou canhoto. Modo noturno Como já falamos antes em mais detalhes, o iOS 11 terá um recurso para deixar o conteúdo da tela mais escuro, para que a visão em ambientes escuros fique ainda mais confortável. Você pode ver mais detalhes em nossa matéria completa. Apagar apps pouco usados Outro recurso já explicado em mais detalhes aqui, o iOS 11 poderá, caso você ative, limpar aplicativos que você não acessa há muito tempo liberando espaço de armazenamento. Seus dados pessoais do app permanecerão guardados. Central de Controle Além da mudança de visual, já explicada aqui, a Central de Controle será personalizável. Como já falamos em alguns dos recursos dessa matéria, você poderá escolher alguns itens que farão parte dessa tela. Além disso, o ícone de dados móveis também estará presente, mas você poderá retirar, se assim preferir.
  15. A Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo acaba de divulgar, nesta quinta-feira (8), mais uma operação em meio a tantas já realizadas nas diversas esferas da sociedade. Intitulada "Game Over" e iniciado em meados de 2015, a ação em conjunto com a Polícia Federal tem como objetivo investigar um grupo de 40 empresas distribuidoras e varejistas de games, entre elas o grupo B2W (Submarino, Americanas e Shoptime), envolvidas em sonegar R$ 250 milhões em impostos. Ou seja, o grupo em questão utilizava empresas de fachada para emitir notas fiscais e, dessa forma, disfarçar o recolhimento de ICMS (imposto sobre circulação de mercadorias e serviços). Para esta operação foram mobilizados cerca de 100 agentes fiscais de seis delegacias tributárias e mais 70 policiais civis para expedirem 14 mandados de busca e apreensão em empresas, escritórios de contabilidade e residências, além de 12 ordens de fiscalização nas cidades de São Paulo, Osasco, Barueri, São Caetano e Guarulhos. Em meio a toda essa crise econômica e política que o país enfrenta, é um tanto quanto reconfortante ver tais empresas serem penalizadas e devolverem à sociedade aquilo que nos foi cobrado injustamente e tanto juntamos/trabalhamos para comprar.
×